Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Bolsonaro cria “banco de talentos” para profissionais com perfil técnico


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

O presidente Jair Bolsonaro pretende anunciar, na próxima semana, uma plataforma, batizada no Palácio do Planalto como “banco de talentos”. Ela permitirá que parlamentares indiquem profissionais com perfil técnico, para composição de cargos federais nos Estados.

Bolsonaro cria “banco de talentos” para profissionais com perfil técnico. Crédito: Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Bolsonaro cria “banco de talentos” para profissionais com perfil técnico. Crédito: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O modelo que será adotado nos próximos dias foi desenvolvido pela Controladoria-Geral da União (CGU). Ele fixa critérios para as nomeações, como experiência na área, tempo de atuação no serviço público e formação acadêmica.

Embora a medida coincida com a necessidade de votação do projeto, que prevê mudanças na aposentadoria, considerado prioritário para o ajuste das contas públicas, o Planalto nega a barganha política em troca de apoio.

A ideia é que os deputados e senadores da base de sustentação do governo no Congresso, apresentem currículos de “técnicos” para as vagas disponíveis. As indicações serão avaliadas pelos ministros. Posteriormente, portanto, farão uma espécie de processo seletivo. Podendo até mesmo, assim, recrutar militares da reserva.

A informação, antecipada pelo jornal O Estado de S. Paulo, foi dada na manhã desta quinta-feira (21), pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em entrevista à Rádio Gaúcha. “Os parlamentares farão indicações que poderão ou não ser aceitas”, destacou.

Links que vão interessar também:

Aproximadamente 70% dos cargos federais nos Estados ainda não foram trocados em universidades, diretorias regionais e superintendências do Incra, Ibama, Funasa, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), entre outros.

O novo sistema de preenchimento do segundo escalão, revogará, portanto, uma ordem do próprio Bolsonaro. Pois no início do mês, ele havia mandado suspender nomeações e dispensas de comissionados e funções de confiança, por tempo indeterminado; isso, para exercício em qualquer repartição federal.

Banco de Talentos será discutido nesta quinta-feira

De acordo com Lorenzoni, o programa será discutido ainda nesta quinta-feira (21), durante uma reunião na Casa Civil. Ela contará, portanto, com a participação de outros ministros.

O tema do “banco de talentos” foi citado em resposta a um questionamento sobre a possibilidade de mais espaço no governo, aos parlamentares, em troca de votos no Congresso Nacional a favor da reforma da Previdência. Esta hipótese, no entanto, foi descartada.

Segundo o ministro, o presidente da República, Jair Bolsonaro, acabou com a prática de loteamento de ministérios baseada em parcerias político partidárias. “Foi isso que (em governos anteriores) destruiu a classe política. Fizemos algo completamente diferente de tudo aquilo que se viu nos últimos 30 anos”, afirmou.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!