Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Taurus, fabricante de armas faz acordo de milhões para pôr fim a processo

A Taurus, empresa brasileira fabricante de armas com sede em São Leopoldo no Rio Grande do Sul, viu as suas ações na bolsa americana subirem depois do anúncio que fez sobre um acordo preliminar na ação judicial, que sofre na Flórida-USA.

Desde o ano passado, nas bolsas de valores brasileira e americana, a Taurus já vinha colecionando um desempenho muito positivo, em face das notícias sobre a possibilidade de uma nova legislação mais flexível, sobre o porte de armas a ser apresentada pelo governo do presidente Bolsonaro.

Links que vão interessar também

Produto Taurus, imagem ilustrativa Uol Economia
Produto Taurus, imagem ilustrativa Uol Economia

O processo que a  Taurus  está respondendo  em território americano, especificamente no estado da Flórida, diz respeito a uma suposta fabricação de armas de fogo, revólveres da marca Rossi, com defeitos.

O processo foi aberto na Flórida por William Burrow, Oma Louise Burrow, Suzanne M. Bedwell e Ernest D. Bedwell contra a Taurus e uma companhia controlada nos EUA.

No último dia 8 de janeiro,  porém, dentro de um longo processo de negociação, o Conselho de Administração da Taurus divulgou nota oficial aos seus acionistas e ao mercado em geral,  informando que aprovou a celebração de um acordo preliminar para pôr fim a uma ação judicial proposta por esse grupo de escritórios americanos.

Os custos para a empresa ficariam entre 7 a 7,9 milhões de dólares americanos, que seriam referentes a indenizações, custas processuais e honorários advocatícios. Mas ainda assim o acordo será melhor do que assumir os riscos do litígio, e uma possível condenação ao final do processo.

E a Taurus espera a celebração de um acordo em definitivo nos termos dessa configuração. E quando isso acontecer, ainda restará a necessidade de homologação desse acordo pela Justiça americana.

Desde o anúncio do acordo na quarta-feira(09) as suas ações operam com forte valorização, com as PN  somando 4,90% a R$ 7,70, enquanto as ON somam 7,33% a R$ 8,58. No Brasil, já em setembro de 2018  já haviam, mesmo sem o acordo agora anunciado, subido  perto de 140%.

Mais sobre a empresa brasileira

A Taurus, que é uma das três maiores fabricantes de armas leves do mundo,  é uma Empresa que se posiciona no mercado de segurança e estratégica de defesa.

Possui 79 anos de história no mercado. Sediada em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, emprega mais de 1.800 pessoas no país e exporta para mais de 85 países.

Foi fundada em 1939, a Empresa iniciou suas operações como forjaria, passando a produzir revólveres na década de 40 e consolidando sua presença nos mercados de armas brasileiro e norte americano na década de 80, com a produção de diversos modelos de pistolas e armas táticas.

Comentários
Loading...