Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

SPC/Serasa: quais as consequências em pedir exclusão do Cadastro Positivo? Confira


O Diário Prime News não tem vínculo com nenhum banco ou instituição financeira. O objetivo do nosso blog é oferecer aos nossos leitores informações úteis, de qualidade e verídicas. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

SPC/Serasa – Sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, começou a valer a partir de ontem (9),  o Cadastro Positivo compulsório. Portanto a partir de agora, todos os consumidores serão incluídos, automaticamente, em um banco de dados que aponta os bons pagadores. Contudo, quais seriam as consequências sobre aqueles que, porventura, se recusassem a aderir ao banco de dados no SPC /Serasa?

Saiba mais:Serasa Score e sua influência na aquisição de um cartão de crédito. Saiba mais!

As consequências de não abrir o Cadastro Positivo no SPC/Serasa

Siga o Diário Prime no Google News. Receba de graça os melhores conteúdos como TV Online , Loterias, Futebol ao Vivo, Finanças, Forex, em primeira mão.
SPC/Serasa: quais as consequências em pedir exclusão do Cadastro Positivo? Confira
SPC/Serasa: quais as consequências em pedir exclusão do Cadastro Positivo? Confira

A princípio, é importante mencionar que o consumidor tem todo o direito de não querer participar do Cadastro Positivo.

Saiba mais:

Desse modo, a priori, não existiria nenhuma consequência, propriamente dita, em deixar de abrir ou pedir exclusão de seus dados. Pelo menos, não em termos oficiais ou da lei.

Entretanto, o que acontece é que, ao invés de ser avaliado também pelo Cadastro Positivo, o consumidor passa a ser avaliado, apenas, pelo Cadastro Negativo. Perdendo, assim, a oportunidade de contabilizar suas ações positivas no comércio.

Especulações

Outra suposta consequência que tem sido bastante difundida pelas redes sociais, é a de as empresas endurecerem um pouco mais os critérios para análise de crédito, para quem estiver de fora do Cadastro Positivo.

Em outras palavras, apresentarem mais dificuldade para concessão de crédito.

No entanto vale ressaltar, que essa possibilidade está no campo das especulações. Não existe nada de concreto sobre isso.

E para aqueles que querem excluir, como proceder no SPC?

Para excluir o Cadastro Positivo no SPC, basta seguir os seguintes passos:

  • Caso queira fazer a exclusão pessoalmente, basta o consumidor se dirigir a uma CDL (Câmara de Dirigente Lojista) ou Associações Comerciais mais perto do local de residência, apresentando um documento de identidade e o CPF;
  • Se preferir, também é possível solicitar a exclusão por meio do SAC. Ele funciona de segunda à sexta-feira. O horário é das 9h às 18h (com exceção para feriados). Aliás, o telefone é 0800 887 9105 e deve-se selecionar a opção 4 para cancelar.

Quais os procedimentos para excluir no Serasa?

Para cancelar o Cadastro Positivo no Serasa, existem as seguintes alternativas:

  • Online com Certificado Digital (Essa opção é só para quem já possui um Certificado Digital)
    1.Preencher o Termo de Cancelamento.
    2.Selecionar a opção “Certificado Digital”.
    3.Assinar o documento digitalmente e o Cadastro Positivo será cancelado.
  • Pessoalmente
    1.Comparecer a uma agência da Serasa próxima e solicitar o cancelamento para um dos atendentes.
    2.Apresentar um documento oficial que contenha foto e os números do RG e do CPF.
  • Correio
    1.Preencher e assinar o Termo de Cancelamento.
    2.Enviar à Serasa o Termo de Cancelamento com firma reconhecida, junto com as cópias autenticadas do seu CPF e RG ou de um documento oficial, que tenha foto e os números de ambos.

Mais sobre a exclusão

Ao solicitar a exclusão em um desses órgãos  (SPC/Serasa), o consumidor automaticamente tem seus dados apagados de todos os outros no Cadastro Positivo. O cancelamento deve ocorrer em no máximo 2 dias.

Para solicitar a volta ao sistema, o procedimento deve ser o mesmo utilizado para retirada.

É importante também mencionar que, caso ocorra alguma dificuldade nesse processo de exclusão, o cidadão deve acionar órgãos de defesa do consumidor.

Os possíveis benefícios do Cadastro Positivo

Apesar de já estar em vigor desde 2011, o Cadastro Positivo não era obrigatório. Era necessário um pedido de inclusão.

No entanto, como já mencionado, desde ontem (9) todos os consumidores que possuírem CPF ativo, além de empresas inscritas no CNPJ, automaticamente farão parte do banco de dados.

Com essa medida, espera-se, portanto, benefícios para o consumidor. Como por exemplo, liberação de crédito e juros menores, conforme seu perfil.

Especialistas recomendam pela não exclusão

Segundo especialistas, a retirada dos dados do Cadastro Positivo, pode não ser uma boa ideia.

Saiba mais:

Entendem que ter uma nota não tão boa no score de crédito, pode ser melhor do que ficar sem classificação.

O fato de as empresas não conseguirem identificar as dívidas pagas (ainda aquelas atrasadas), poderia ser um mau testemunho a respeito do consumidor.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Últimas Publicações