Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

SPC/Serasa: pais negativados podem ter a matrícula dos filhos recusada?


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

09 de dezembro de 2019 – Geralmente os brasileiros que possuem filhos em idade escolar, mas estão com o nome sujo no SPC/Serasa, ficam em dúvida se podem ou não ter a matrícula da escola negada.

Uma pesquisa realizada pelo Serasa Experian aponta que a inadimplência dos alunos em instituições de ensino particular no país aumentou no primeiro semestre de 2019.

Entretanto, o principal motivo dessa inadimplência é a falta de pagamento das mensalidades no ensino infantil, fundamental e médio, que obteve crescimento de 5,9% em comparação com o ano passado.

Leia ainda: Empréstimo: confira os perfis que mais conseguem aprovação de crédito

SPC/Serasa: pais negativados podem ter a matrícula dos filhos recusada?
SPC/Serasa: Pais negativados podem ter a matrícula dos filhos recusada?

SPC/Serasa: A escola pode impedir a matrícula do aluno inadimplente?

“A educação, direito de todos e dever do Estado e da família será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.” É o que diz a Constituição Federal de 1988, artigo 205.

Sendo assim, as escolas não podem recusar a matrícula ou rematrícula do aluno cujo responsável está inscrito no SPC/Serasa.

A escola não pode impedir o inadimplente de frequentar as aulas e nem tomar medidas que possam constrangê-lo. Além disso, impedir a transferência do aluno para outra instituição de ensino com o objetivo de forçar o pagamento das mensalidades atrasadas é proibido por lei.

“São proibidas a suspensão de provas escolares, a retenção de documentos escolares ou a aplicação de quaisquer outras penalidades pedagógicas por motivo de inadimplemento, sujeitando-se o contratante, no que couber, às sanções legais e administrativas, compatíveis com o Código de Defesa do Consumidor, e com os arts. 177 e 1.092 do Código Civil Brasileiro, caso a inadimplência perdure por mais de noventa dias”.

As escolas não são obrigadas a negociar a redução ou parcelamento da dívida, mas o Procon recomenda que o inadimplente tente fazer um acordo com a instituição para pagar a dívida.

Vale ressaltar que a escola só pode deixar de renovar a matrícula do aluno se o acordo ou pagamento da dívida estiver regularizado.

Além disso, o aluno inadimplente só poderá ser desligado da escola ao final do ano letivo.

“São asseguradas em estabelecimentos públicos de ensino fundamental e médio as matrículas dos alunos, cujos contratos, celebrados por seus pais ou responsáveis para a prestação de serviços educacionais, tenham sido suspensos em virtude de inadimplemento”. (Art. 6º da lei nº. 9.870, de 23 de novembro de 1999)

Está negativado? Serviço do Serasa ajuda a negociar dívidas

Mais de 60 milhões de brasileiros estão com dívidas no SPC/Serasa, somando cerca de 40,4% da população de adultos.

Os brasileiros negativados que pretendem negociar as dívidas podem contar com o Serasa limpa nome.

O serviço é gratuito e permite que o usuário negocie as dívidas diretamente com as empresas parceiras.

O acesso pode ser feito a partir de um cadastro na plataforma, depois só é seguir os passos de negociação recomendados e gerar o boleto.

Após o pagamento da fatura a empresa têm até cinco dias úteis para deixar o nome do cliente limpo. Dessa maneira, é possível ter uma vida financeira mais tranquila e manter a confiança nas relações.

Leia ainda: 13º salário para pagar dívidas? Ter estratégias certas podem ser solução; saiba mais


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Comentários
Loading...