Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

SPC e Serasa tem cada vez mais jovens inscritos no cadastro de inadimplência


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

07 de dezembro – Segundo uma pesquisa realizada pelo Serasa Experian, em 2019 o número de jovens com nome negativado voltou a crescer. O último recorde avaliado teria sido em 2016. No entanto, este ano as inadimplências voltaram a deixar parte da população que tem entre 18 e 25 anos, com o nome sujo no SPC e Serasa.

Dos 63,4 milhões de brasileiros que estão negativados, 8,5 milhões são jovens inadimplentes. Portanto, mal começaram a possuir cartões e já se atrapalharam com suas dívidas.

Porém, muitas delas são causadas por crédito estudantil e, em alguns casos, em função do descontrole financeiro. Além disso, há desde quem financie um automóvel a quem contribua com as despesas domésticas e tenha problemas com a gestão financeira.

Leia ainda: FGTS: saiba como fazer o saque de conta ativa e inativa do fundo

SPC e Serasa tem cada vez mais jovens inscritos no cadastro de inadimplência
SPC e Serasa tem cada vez mais jovens inscritos no cadastro de inadimplência

O economista do Serasa Experian, Luiz Rabi, explica que é preciso diferenciar os termos. Pois nem sempre uma pessoa endividada vai entrar para lista de negativados do SPC e Serasa.

Isso apenas significa que mesmo com dificuldades uma pessoa endividada paga suas contas dentro do prazo previsto e de seu orçamento.

“Já estar inadimplente é algo prejudicial para a gestão financeira da pessoa, ou seja, ao deixar de pagar uma dívida ou ainda ao acumular débitos resulta na inserção do nome no Serasa, restringindo o acesso ao crédito, afetando também a avaliação no Regime do Cadastro Positivo”, diz Luiz Rabi.

Jovens entre 30 e 39 anos estão negativados em birôs como SPC e Serasa

Foi feite uma pesquisa do SPC Brasil, em conjunto com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Nesse trabalho se apontou que no primeiro semestre de 2019 o número de consumidores negativados chegou aos 59,8 milhões.

Além disso, a maior parcela da população com o nome sujo no SPC e Serasa tem entre 30 e 39 anos. Assim, 50,4% desses jovens adultos estão inadimplentes.

Já na faixa etária entre pessoas de 40 a 49 anos, a situação é parecida: 47,8% dos consumidores estão negativados em birôs com SPC e Serasa.

Além disso, para se ter o nome negativado não precisa necessariamente está mantendo uma dívida há vários meses.

Tudo depende dos prazos da empresa credora, ou seja, caso o consumidor atrase uma de suas parcelas, a mesma pode acionar cadastros de proteção ao crédito como o SPC e Serasa.

Dicas de Luiz Rabi para evitar inadimplência

Anotar os gastos e organizar o orçamento: outra dica simples é anotar todos os gastos, seja um cafezinho ou uma compra de mercado.

Esse controle ajudará também a organizar o orçamento: que pode ser feito utilizando uma planilha, um aplicativo do telefone celular ou até mesmo um caderno;

Valorizar a gestão financeira: ao saber o quanto você ganha e o quanto você pode gastar por mês, pode fazer a diferença ao assumir novas dívidas.

Pode parecer óbvio, mas muitas pessoas têm dificuldade em entender como separar os gastos mensais e diários, e o quanto sobra desse total que pode ser economizado ou investido em um bem;

Limite de crédito pessoal: antes de adquirir um empréstimo, faça uma avaliação de todos os valores envolvidos na transação (incluindo juros cobrados), fazendo sempre um comparativo com a sua renda mensal e todos os seus gastos.

Se não sobrar dinheiro, evite o empréstimo, visto que as parcelas costumam ter juros e taxas mais altas, podendo levar o consumidor a inadimplência, devido à dificuldade para quitá-las;

Portanto, o planejamento dos gastos e controle mensal pode fazer com que as pessoas e principalmente os jovens, que estão começando a adquirir dívidas, não fiquem com o CPF sujo no SPC e Serasa.

Leia ainda: Empréstimo imediato com validação em até cinco segundos; saiba mais

Ajude a fazer o Diário Prime News! Tem dúvidas, críticas ou sugestões de pauta? Fale conosco! Mande email para contato@dpnews.com.br  


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Comentários
Loading...