Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Cadastro Positivo no SPC/Serasa: facilitação para empréstimo pessoal e financiamentos


O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

Todo mundo sabe que pagar as contas em dia é fundamental para manter o nome limpo. Contudo, para além desse fator, quando se é um bom pagador pode-se conseguir um conjunto de outros benefícios. Entre eles, é possível citar, por exemplo, os buscados empréstimo pessoal e financiamentos com juros reduzidos. Ganhar essa confiança do mercado, pode tornar-se mais fácil com a ajuda do Cadastro Positivo no SPC/Serasa.

Saiba mais:SPC/Serasa:nome está limpo ou dívida caducou, mas ainda consta pendência?Entenda.

Os benefícios que o Cadastro Positivo pode trazer para o consumidor

spc-serasa-cadastro-positivo-usos
Saiba como aproveitar ao máximo o uso do Cadastro Positivo no SPC/Serasa

Com a existência do Cadastro Positivo no SPC/Serasa, todos os dados a respeito dos pagamentos ficam à disposição das empresas. Tudo passa a ser considerado pelo banco de dados.

Desde parcelamentos assumidos e pagos devidamente ou empréstimos já contraídos e quitados; todo o histórico financeiro mais amplo do cidadão estará registrado.

Ou seja, tudo aquilo que é quitado em dia, sendo parcelado ou não, as empresas credoras ficarão cientes.

Todas essas informações ajudarão, portanto, na construção de uma imagem positiva do consumidor.

Influenciando assim, decisivamente, na subida do score de crédito; a pontuação que funciona como uma espécie de medidor da confiança do mercado.

Desse modo, quanto mais zelar pela imagem de bom pagador, melhor será para o consumidor. Principalmente quando desejar buscar crédito nas instituições financeiras.

Saiba mais:Pagar tudo à vista é bom para o score do SPC/Serasa?Entenda.

Financiamentos e empréstimo pessoal facilitados

Como os hábitos do consumidor ficam mais em evidência com o Cadastro Positivo (e não apenas as eventuais dívidas em atraso), a tendência é facilitar o crédito.

Facilitar, inclusive, as eventuais negociações de valores mais elevados. Como os pagos em parcelas que duram muito tempo, como os financiamentos de casa ou automóvel, por exemplo.

Saiba mais:

Esse perfil construído e registrado no Cadastro Positivo servirá de prova, de que determinado consumidor oferece pouco risco às instituições financeiras.

Isso tende a provocar a diminuição das taxas de juros e demais custos na oferta de empréstimo pessoal ou financiamentos, a depender da política de cada instituição.

Reflexo na cultura dos juros

Contudo o mais importante ainda será, como dito antes, o reflexo disso na própria cultura de oferecimento de crédito.

As instituições financeiras usam apenas as informações dos registros dos negativados no SPC/Serasa. Não levando em consideração, na confecção dos juros, os milhões de cidadãos que são bons pagadores.

E como os riscos para se dar crédito identificados são sempre altos, logo, os juros tendem sempre a subir.

O processo é paulatino

A nova lei do Cadastro Positivo, publicada no início de julho, deve elevar para mais de 150 milhões de pessoas o número dos registrados no banco de dados. Isso aumenta muito o espectro de informações sobre os consumidores.

Dessa forma o mercado brasileiro acostumado a usar como base de informações como elemento de composição de juros, apenas o número dos negativados, agora passará a ter dados mais realistas.

Isso deve provocar a diminuição do spread bancário (diferença entre os juros que as instituições pagam para captarem os valores a serem emprestados, e o que elas cobram pelo repasse do dinheiro para os consumidores que precisam de crédito).

Com efeito aos poucos os consumidores sejam pessoas físicas ou até as pequenas empresas, poderão conseguir taxas mais baixas de juros para se financiarem.

É um processo de mudança cultural que deve durar alguns anos, mas a economia do país deve agradecer.

Dicas para aproveitar melhor o Cadastro Positivo

Abaixo, serão apresentadas algumas dicas interessantes de comportamento do consumidor, que poderão ajudar aproveitar ao máximo tudo aquilo que o Cadastro Positivo pode fornecer:

  • Estabelecer objetivos bem claros, para a renda que se possui;
  • Efetuar um bom planejamento financeiro. Isso significa, dentre outras coisas, delimitar um orçamento e fazer uma lista com todas as despesas;
  • Não permitir que as dívidas ultrapassem algo que corresponde a 20% da renda mensal. Por exemplo: se uma pessoa tem uma renda mensal de 10 mil reais, as prestações não podem superar 3 mil reais.
  • Diminuir ao máximos os gastos desnecessários;
  • Cultivar uma reserva de emergência, para imprevistos e afins;
  • Pagar sempre o valor total das faturas do cartão de crédito;
  • Fornecer todas as informações necessárias na hora de contratar crédito;
  • Manter as informações atualizadas nos órgãos de proteção ao crédito.

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!