Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Saiba como aproveitar a Black Friday sem ficar inscrito no SPC ou Serasa


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

Belo Horizonte, 14 de novembro – A Black Friday acontece no dia 29 de novembro e vai levar milhares de consumidores às lojas, mas é preciso ficar atento para não acabar extrapolando nas compras e correr o risco de ficar com o nome sujo no SPC ou Serasa.

Entretanto, o movimento Black Friday, que traduzido para o português significa sexta-feira negra, surgiu nos Estados Unidos e conquistou o mundo.

Segundo uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), cerca de 21% dos empresários que trabalham no comércio e no setor de serviços aderiram a Black Friday 2019.

Leia ainda: Empréstimo e cartão de crédito sem anuidade, com isenção de taxas e até 5% de cashback: lista de espera aberta

Saiba como aproveitar a Black Friday sem ficar inscrito no SPC ou Serasa
Saiba como aproveitar a Black Friday sem ficar inscrito no SPC ou Serasa

Veja como aproveitar as ofertas sem ficar inscrito no SPC ou Serasa

Para não correr o risco de ter o nome inscrito no SPC ou Serasa é preciso evitar fazer compras supérfluas por impulso para não comprometer a renda mensal.

Pesquisar os preços antes de realizar as compras é essencial. Cerca de 97% dos consumidores buscam informações na internet antes de comprar em lojas físicas, 59% por eletrodomésticos, 57% celulares e smartphones e 50% eletrônicos.

Além disso, é necessário ficar alerta para não cair nos falsos descontos, pois as lojas costumam elevar os preços um pouco antes da Black Friday e, quando chega o dia, voltam ao preço normal como se fosse uma super oferta.

Uma pesquisa realizada pelo comparador de preços Já Cotei, revela que as empresas começaram a subir os preços dos produtos (5.7% ) no final de setembro.

Contudo, quando se trata de fazer compras online a atenção deve ser redobrada para evitar cair em sites falsos que prometem produtos com preços abaixo do valor de mercado.

Para isso, é preciso evitar clicar em qualquer link de ofertas recebido pelas redes sociais ou e-mail, procure diretamente a página oficial da loja.

Além disso, é bom evitar usar o cartão de crédito e comprar à vista. O cartão de crédito é uma dos principais motivos que levam os consumidores a ficarem com o nome sujo no SPC ou Serasa.

Portanto, o Procon pode ser acionado para esclarecimentos de dúvidas, reclamações de ofertas enganosas, mercadorias defeituosas ou qualquer outro tipo de problema.

Verifique se está negativado antes de aproveitar a Black Friday

É recomendável não fazer compras se estiver com o nome sujo no SPC ou Serasa. Antes de aproveitar as ofertas da Black Friday procure saber se consta alguma dívida no seu nome ou se está negativado.

Sendo assim, o Serasa Consumidor oferece serviço gratuito para consulta do CPF pelo site ou aplicativo, basta fazer um cadastro para receber as informações sobre o seu nome.

Leia ainda:Nubank ouve clientes e cria diversos produtos e serviços; saiba mais


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Comentários
Loading...