Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.
..

..

Empréstimo sem consulta ao SPC e Serasa: vale a pena o crédito do Bradesco que não exclui negativados? Compare


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

O empréstimo consignado é a modalidade mais barata para aquisição de crédito pessoal no mercado brasileiro. Possibilita que até mesmo os negativados no SPC e Serasa sejam atendidos. Nesse sentido, o Bradesco, um dos maiores bancos nacionais, tem apresentado essa opção à disposição dos consumidores, conforme já apresentamos por aqui. Mas será que esse empréstimo realmente valeria a pena? O que o banco oferece é realmente a melhor opção de crédito na praça? Na sequência a resposta para essas perguntas e muito mais sobre como funciona essa modalidade de empréstimo.

Empréstimo do Bradesco sem consulta ao SPC/Serasa vale a pena? Entenda
Empréstimo do Bradesco sem consulta ao SPC/Serasa vale a pena? Entenda

Crédito consignado: por que os negativados podem ser contemplados por esta modalidade de empréstimo?

É preciso entender que o crédito consignado é uma operação um tanto restrita, já que ela é oferecida pelos bancos e financeiras a aposentados e pensionistas do INSS, servidores públicos e funcionários de empresas privadas (com carteira assinada).

Normalmente as instituições exigem um convênio com as empresas para, assim, atender aos trabalhadores.

Além disso, o pagamento das prestações é descontado direto do contracheque ou do benefício do INSS. O que garante, portanto, taxas de juros mais baratas que as do cartão de crédito e cheque especial, por exemplo.

Pois existe a garantia de recebimento de renda mensal para suportar a parcela do empréstimo. Logo aquela desconfiança do mercado com quem está no SPC e Serasa, fica superada em princípio.

Desse modo em função dos pagamentos das parcelas do empréstimo ficarem vinculados ao recebimento do salário ou aposentadoria, que muitos bancos e financeiras resolvem emprestar para negativados no SPC e Serasa. 

Existe análise de perfil do cliente

Vale fazer a ressalva que, independentemente da modalidade de crédito, as instituições financeiras sempre, como regra, farão a análise de perfil financeiro do potencial cliente.

Nesse contexto, portanto, pode acontecer sim, de não emprestar dinheiro a determinada pessoa, mesmo em se tratando de empréstimo consignado.

A rigor existem bancos que taxativamente já impossibilitam logo de início o crédito, para quem está negativado; independentemente de qualquer coisa.

Veja como funciona as taxas de juros do consignado

As taxas de juros cobradas no empréstimo consignado tendem a ser menores em face  do risco menor, comparando-se às outras formas de crédito.

E elas não ultrapassam esse limite pré-estabelecido.

Mas embora a taxa de juros do empréstimo consignado seja regulada por esse teto, ou seja, por um valor máximo, o valor da taxa cobrada ainda assim varia de banco pra banco.

Leia ainda:

Comparativo entre o Bradesco e demais bancos com menores taxas de empréstimo consignado

Vale salientar que as condições apresentadas podem mudar.

Os bancos podem oferecer taxas diferentes, de acordo com as condições e a análise do perfil de cada pessoa, como já dito antes.

Confira alguns dos principais bancos e um resumo das condições ofertadas:

  • Banco Bradesco

Clientes atendidos: aposentados e pensionistas do INSS, servidores públicos e funcionários de empresas privadas com convênio.

Os juros são a partir de 1,26% ao mês.

Já o pagamento pode chegar a 96 meses, dependendo do convênio.

Além disso, o Bradesco não exige que a pessoa seja correntista do banco, para conseguir o empréstimo.

  • Banco Banrisul

O consignado do banco atende os beneficiários do INSS, servidores públicos, de todos os níveis, e trabalhadores do setor privado.

As taxas de juros estão a partir de 1,60% ao mês.

  • Banco do Brasil

O maior destaque do banco é, literalmente, seu amplo alcance nacional, podendo atender pessoas em todo o Brasil.

Com taxas a partir de 1,68% ao mês, o banco permite que o empréstimo seja pago em até 96 parcelas.

Entretanto, as condições dependem do convênio, idade e valores.

  • Banco Olé Consignado

Certamente, um dos diferencias do banco é a possibilidade de empréstimo para negativados, desde que esteja em uma das categorias elegíveis.

Contudo, a proposta de conceder um empréstimo rápido, sem burocracia e que possa ser contratado pela internet também merece destaque.

As taxas de juros são a partir de 1,79% ao mês.

O banco é especializado em atender beneficiários do INSS e servidores públicos.

  • Banco Safra

O empréstimo consignado do Banco Safra atende aposentados e pensionistas do INSS, assim como funcionários de empresas públicas e privadas.

As taxas de juros estão a partir de 1,70% ao mês.

Ainda mais, não é necessário ser correntista.

O consignado do Bradesco é de fato a melhor opção de empréstimo?

Considerando as taxas de juros cobradas, o tempo alongado para pagamento e o universo de consumidores a serem atendidos, não se excluindo nem mesmo a possibilidade dos negativados serem atendidos, o Bradesco tem sim um produto bastante competitivo.

Contudo, caso não se passe numa análise de crédito, a urgência e o aperto da hora é que vão determinar o melhor empréstimo.

E aí, invariavelmente, será aquele que estiver disponível para o cliente, a despeito de ser desvantajoso em relação às taxas, por exemplo.

Mas vale a ressalva, que a tomada de um empréstimo em condições ruins, altas taxas de juros, parcelas altas e prazo de pagamento apertado, pode complicar ainda mais a situação financeira.

Antes de escolher onde tomar o empréstimo, planeje-se!

Conforme o economista Fabrício Fernandes, da NPM Projects, falando ao Diário Prime News, pesquisar, planejar e manter a prudência é fundamental na hora de buscar  crédito no mercado:

“Antes de fechar qualquer negócio, o prudente é fazer uma pesquisa ampla, simular propostas, comparando com outras ofertas de empréstimo, ainda mais sendo consignado, que as condições tendem a ser as melhores do mercado. Contudo, é fundamental planejar o bom uso do dinheiro, se for usar para pagar outras dívidas, com juros mais altos e concentrar em uma operação de crédito consignado, sem dúvida, essa é uma opção bastante válida”.

Como se percebe, portanto, o empréstimo consignado pode sim ser uma boa opção para o consumidor. Entretanto isso não exclui a necessidade de atenção na tomada de decisão.

Leia ainda:


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!