Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Negociação pelo whatsApp: Caixa oferece até 90% de desconto para de dívidas no SPC e Serasa


O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

Quem está devendo à Caixa Econômica Federal e com o nome negativado em órgãos como SPC e Serasa pode agora obter até 90% de desconto para quitar o débito. Além disso, uma outra facilidade é que a negociação das dívidas é feita pelo aplicativo WhatsApp, tornando o processo bem mais ágil. Entenda mais como funciona esse serviço de negociação da Caixa.

Caixa oferece 90% de desconto em negociação de dívidas que podem ser feitas pelo WhatsApp
Caixa oferece 90% de desconto em negociação de dívidas que podem ser feitas pelo WhatsApp

Como fazer a negociação de dívidas pelo WhatsApp

Os clientes interessados em renegociar as dívidas contraídas em empréstimos, cartão de crédito, financiamento imobiliário ou qualquer outro contrato financeiro podem adicionar o número indicado pela instituição: 0800 726 8068, no seu aplicativo WhatsApp e salvá-lo na agenda do celular.

Em seguida, é preciso enviar uma mensagem para o banco e então começar a negociação.

Mas atenção! A semana de conciliação com a Caixa vai de 7 a 11 de outubro.

Inadimplência da Caixa chega a R$ 6,6 bi

A Caixa Econômica Federal busca negociar as dívidas que já contabilizam cerca de R$ 6,6 bilhões e vê no WhatsApp uma ferramenta facilitadora.

Dessa forma, com o objetivo de conseguir negociações para quitação à vista, o banco oferece esse excelente desconto de até 90%

Os boletos também são encaminhados através do aplicativo. Assim, quem deseja regularizar a vida financeira poderá fazer com mais praticidade e agilidade.

Leia também: BV Financeira e Kitado fazem parceria para auxiliar clientes negativados no SPC/Serasa

Caixa já utilizou o WhatsApp antes

Essa não é a primeira vez que o aplicativo é pela instituição. Em março deste ano, o Governo Federal pediu ao Congresso Nacional uma autorização para cobrar devedores através de apps como o WhatsApp e o Facebook, e agora volta com a ação para regularizar as contas.

Mas além deste canal, o Banco ainda oferece oportunidade de negociação através:

  • Agências da Caixa;
  • Teleatendimento;
  • Empresas terceirizadas;
  • Redes Sociais.

Principais causas do acúmulo de dívidas dos brasileiros

A ação tem por objetivo regularizar a vida financeira dos brasileiros que utilizaram recursos da Caixa Econômica Federal. Dentre as principais causas de endividamento estão:

Consumo excessivo

A falta de controle na hora das compras, adquirindo produtos que não são tão necessários ou que não cabem no orçamento é um dos maiores causadores do endividamento do brasileiro.

Perda de renda

Com a crise que se instalou no Brasil, muitas famílias perderam seus empregos e consequentemente, suas fontes de renda. Sendo assim, houve o aumento da inadimplência.

Má administração financeira

A má administração dos recursos também compõe a lista dos causadores do endividamento. Afinal, em razão da falta de organização, as dívidas se acumulam e levam ao crescimento do débito.

Inexistência de uma reserva de emergência

Na falta do costume ou na incapacidade de poupar, quando os brasileiros se veem diante de uma dificuldade financeira, terminam sem reservas e recorrem a empréstimos, financiamentos e cheque especial e assim, acabam prejudicando ainda mais sua vida financeira.

Cheque especial e crédito rotativo

Esses são os maiores vilões quando se trata de endividamento da população, em virtude dos altos juros cobrados. Dessa forma, as pessoas ao contraírem dívidas com esses produtos financeiros acabam tendo dificuldade na regularização.

Leia ainda: Empréstimo pessoal para reorganizar a vida? Veja como usar o dinheiro de forma inteligente

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!