Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Dívida caducou no SPC/Serasa, ainda consigo cartão de crédito? Entenda


O Diário Prime News não tem vínculo com nenhum banco ou instituição financeira. O objetivo do nosso blog é oferecer aos nossos leitores informações úteis, de qualidade e verídicas. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

Como se sabe, uma dívida que consta nos órgãos de proteção ao crédito como SPC e Serasa, tem uma espécie de “prazo de validade”. Em outras palavras, ela tem um tempo limite para permanecer nesses bancos de dados, que é de 5 anos. No entanto, apesar de prescrever, muita gente que vivencia essa situação, pode encontrar dificuldade na hora de pleitear um cartão de crédito. Mas a pergunta é: será que é possível obter o produto, mesmo depois de uma situação de dívida caducada? Entenda.

Saiba mais:SPC/Serasa:5 coisas que fazem seu score de crédito diminuir.

Dívida caducada no SPC e Serasa pode dificultar na obtenção de cartão de crédito?

spc-serasa-cartão-de-crédito-dívida-prescrição
É possível conseguir cartão de crédito mesmo com dívida caducada no SPC/Serasa?

Pode parecer confuso, mas a resposta para a pergunta acima inicialmente é: sim e não, ao mesmo tempo.

A resposta é em parte sim, porque ainda que uma dívida caduque no SPC e Serasa, ela continuará existindo.

Dessa forma, a negativação desaparece dos cadastros e não pode ser executada na Justiça, após esse prazo. No entanto a dívida não foi paga.

Logo, apesar de ter caducado (a dívida), ela continuará existindo internamente na empresa.

Noutras palavras, para a empresa credora com a qual o consumidor contraiu a dívida, o débito ainda estará em aberto, constando em seus registros próprios.

E isso pode ser um obstáculo, para se conseguir qualquer tipo de crédito no mercado. Incluindo o próprio cartão de crédito.

Saiba mais:Pagar integral ou renegociar com desconto para liberar o CPF do SPC e Serasa.

Dessa maneira, frisamos, quando se fala em prescrição da dívida após os cinco anos, isso diz respeito ao ato de colocar o CPF do consumidor nos órgãos de proteção ao crédito.

Aliás, não só isso, mas também ao direito de acionar à Justiça, para cobrar a referida dívida.

O histórico no SCR do Banco Central e a análise de crédito

Vale fazer aqui uma observação, o Sistema de Crédito do Banco Central (SCR) também pode ser consultado, além do SPC e Serasa.

Desse modo as instituições financeiras podem montar a sua própria “lista negra”, a partir dos dados franqueados no Banco Central. E, a partir disso, considerarem um alto risco conceder crédito, para quem teve a dívida caducada e não paga antes.

Todavia, também vale a ressalva de que, os tais registros no SCR não têm caráter restritivo. E às instituições só é possível consultar essas informações, quanto ao histórico dos últimos 2 anos do consumidor.

Também vale destacar que, uma dívida, seja ela caducada ou não, afetará o score de crédito do consumidor (uma pontuação feita a partir do nível de pontualidade no pagamento das dívidas). E, isso, igualmente refletirá no Cadastro Positivo.

Então é possível ou não obter cartão de crédito tendo uma dívida caducada?

Depois da abordagem feita até aqui, podemos dizer então que sim, é possível obter um cartão de crédito, mesmo possuindo uma dívida caducada no SPC e Serasa. No entanto tenderá a ser uma tarefa bem mais difícil na prática.

Até porque a empresa que não pode mais manter o nome do devedor negativado, ainda poderá tomar iniciativas de cobrança extra-judicial (cartas, telefonemas, propostas de acordo etc.).

Afinal, a dívida pode não estar mais nos órgãos de proteção ao crédito, mas ela continua viva nos registros da empresa credora.

Mas é fato que, se o crédito for negado, o consumidor merece saber o real motivo. A instituição financeira deve agir com transparência.

Saiba mais:Santander libera gratuitamente consulta do CPF no cadastro do SPC e Serasa

Pague em dia e aumente o score

Outro ponto importante que se recomenda, é aumentar o score de crédito antes de pedir um novo cartão. Isso é, fazer mais pagamentos com pontualidade no mercado.

No entanto o ideal mesmo seria eliminar a tal suposta pendência financeira, pagando a dívida que realmente foi feita.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!