Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.
..

..

Banco Inter é opção de empréstimo para trabalhador com CPF negativado no SPC/Serasa, confira!


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

SPC/Serasa – O Banco Inter  oferece empréstimo consignado para quem está com o CPF negativado no SPC e Serasa. Tal empréstimo já existia para aposentados e pensionistas. Entretanto, a modalidade também é agora acessível para o trabalhador que, porventura, possua carteira assinada. A solicitação pode ser feita diretamente pelo site do banco, que fará a análise para liberação de crédito. Entenda como funciona.

Como funciona o empréstimo sem consulta ao SPC/Serasa

Leia também:  Nubank: novidade na NuConta promete facilitar a vida dos clientes do banco digital; confira

Banco Inter faz empréstimo sem consulta a SPC e Serasa a trabalhadores celetistas. Foto: reprodução
Banco Inter faz empréstimo sem consulta a SPC e Serasa a trabalhadores celetistas. Foto: reprodução

O Banco Inter tem oferecido diferentes opções de empréstimo, tais como: Financiamento Imobiliário, Crédito com Garantia de Imóvel, Crédito Consignado para aposentados e pensionistas, Crédito Corporativo e Antecipação de Recebíveis.

Além disso, o banco disponibiliza empréstimo consignado para negativados, sem consulta ao SPC/Serasa, também quando se tratar de funcionários de empresas privadas com carteira assinada.

Veja também: 

Contudo, a empresa onde o trabalhador exerce sua atividade precisa ter um convênio com a instituição. O banco, por sua vez, afirma em seu site, que fará uma análise e avaliação.

Vale ressaltar que esse empréstimo oferecido para quem está negativado no SPC/Serasa é limitado a R$ 5 mil.

Vantagens do empréstimo consignado

Essa modalidade de crédito já é bastante conhecida e praticada para aposentados, pensionistas e funcionários públicos. Possui bem menos burocracia.

Além disso, o desconto das parcelas de pagamento são realizados diretamente nos salários mensais do contratante. Não podendo, assim, passar do limite máximo de 30% do salário.

Portanto, isso faz a concessão consignada ter taxas de juros mais baixas do que normalmente são oferecidas no mercado. Especialmente, na comparação com o cheque especial ou cartão de crédito.

Ademais, o próprio rendimento mensal (salário, aposentadoria ou pensão) do cliente que contrata o empréstimo, é uma certeza de pagamento para os bancos.

No caso em questão, trata-se de trabalhadores que possuem estabilidade no serviço ou já recebem benefícios do INSS. Razão, principal, portanto, para não se consultar a situação do CPF, junto ao SPC e Serasa. 

Consignado para trabalhador da iniciativa privada

O trabalhador comum, aquele da iniciativa privada, que portanto não é funcionário público, não tem estabilidade no emprego, via de regra. Por tal motivo, não se oferecia a ele a modalidade de empréstimo consignado.

Entretanto, recentemente, tornou-se possível a esse trabalhador fazer uso do seu FGTS. E, desse modo, garantir o contrato de empréstimo com 10% do saldo da sua conta vinculada na Caixa. Em casos de demissão, também dos 40% referentes à multa trabalhista.

Leia também: Dívida com a faculdade? Conheça os passos para negociar e limpar o nome no SPC/Serasa

Logo, o empréstimo consignado sem consulta ao SPC/Serasa tornou-se uma possibilidade para esse trabalhador também.

Para se fazer essa modalidade de empréstimo, a instituição financeira precisa ter um convênio com a Caixa Econômica Federal. Pois é esse banco público, que administra todas as contas do FGTS.

Atenção para os convênios!

Além do convênio necessário entre bancos e a Caixa, torna-se fundamental que a empresa onde o trabalhador privado exerce seu contrato de trabalho, também tenha um convênio com o banco que vai emprestar o dinheiro consignado.

No caso do Banco Inter, existe uma lista dessas empresas com as quais ele possui convênio. A consulta pode ser feita mais abaixo.

Veja ainda:

Parceira da Serasa oferece empréstimo online sem consulta ao CPF; saiba mais

No entanto, se o trabalhador tem dúvidas, pode buscar informações no setor de Recursos Humanos (RH) do seu próprio empregador. Até para saber se a empresa fez convênio com alguma outra instituição financeira.

Relação completa de quem pode solicitar o empréstimo consignado no Banco Inter e como solicitar:

  • Aposentados e pensionistas do INSS;
  • Servidores municipais das prefeituras de Belo Horizonte, Contagem, Salvador e São Paulo;
  • Servidores públicos federais – SIAPE;
  • Servidores dos Tribunais de Justiça – TJMG e TER-MG;
  • Servidores públicos estaduais: Governos da Bahia, de Goiás, do Mato Grosso do Sul, de Minas Gerais, do Paraná, do Rio de Janeiro, de São Paulo (SEFAZ – SP, PMESP e SPPREV – Previdência) e Metrô de São Paulo;
  • Militares das forças armadas: Marinha do Brasil, Aeronáutica do Brasil, Exército Brasileiro
  • Empresas conveniadas: Conedi Participações, Concert Technologies, EletroTransol, Log Commercial Properties, Magnus Serviços, Magnus Segurança Patrimonial, MRV Engenharia, MRV Construções, MRL Engenharia, Prime Incorporações, Urbamais, Zetrasoft

Leia também:  Empresa do Santander faz aniversário e promete taxas baixas em empréstimo sem consulta ao SPC/Serasa

Atualmente, o empréstimo pode ser solicitado através do site ou do aplicativo do Banco Inter, que está disponível para sistemas operacionais iOS e Android.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!