Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Saque do saldo do FGTS pode ser liberado essa semana pela Caixa Econômica Federal


O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

O saque de até 35% das contas ativas do FGTS na Caixa, deve ser liberado pelo governo. O Ministério da Economia planeja uma retirada, que vai variar de acordo com o saldo do trabalhador. Ainda, segundo a equipe econômica, é previsto que a iniciativa de liberar o saque do Fundo de Garantia, injete cerca de 42 bilhões de reais na economia do país.

Saque do FGTS na Caixa: liberação pode ser anunciada esta semana; saiba mais
Saque do FGTS na Caixa: liberação pode ser anunciada esta semana; saiba mais

Liberação do FGTS na Caixa, é uma tentativa de reanimar a economia

O saque das contas ativas do FGTS e, também, do PIS/Pasep (já que haverá mais uma rodada de liberação de recursos) vai ajudar a aquecer o consumo e, certamente, reanimar a economia.

Pelo menos, essa é previsão do governo que prevê um crescimento do PIB de 0,81%.

A previsão, por fontes da área econômica, é que haja um anúncio oficial da medida nesta quinta-feira, com intuito de comemorar os 200 dias de governo.

De acordo com pronunciamentos do Ministro da Economia, Paulo Guedes, a liberação de recursos das contas do FGTS só deveriam ocorrer, após a aprovação da reforma da Previdência.

Porém, a votação em segundo turno ficou para agosto, na Câmara, e no Senado só deve ser realizada em setembro.

A equipe do Ministério da Economia avalia que é necessário anunciar um pacote de medidas, para mostrar trabalho. Embora tenha priorizado neste primeiro momento a reforma da Previdência.

Como vão funcionar os saques do FGTS?

O governo planeja uma liberação proporcional.

A liberação seria de acordo com o saldo nas contas do FGTS de cada trabalhador, dividindo em três faixas:

  • Quem tem até 5 mil reais – pode sacar 35% do saldo;
  • Quem tem até 10 mil reais – pode sacar 30% do saldo;
  • Acima de 50 mil reais – pode sacar 10% do saldo.

Contudo, uma outra faixa, ainda deve ser definida; a que compreende os valores entre 10 mil e 50 mil reais.

Calendário de liberação

O dinheiro do FGTS deve ser liberado de acordo com a data de aniversário. Entretanto os trabalhadores que já fizeram aniversário este ano, já poderiam sacar o benefício assim que fosse autorizado.

Leia ainda:Empréstimo Santander: crédito com garantia pode chegar a 2 milhões de reais; saiba mais

Rendimentos do FGTS também devem ser pagos

É previsto, também, que haja o pagamento do rendimento do fundo de garantia (distribuição de resultados) do ano passado.

O governo pode liberar metade desse lucro.

Em 2017, a rentabilidade do FGTS foi de 5,59%, no ano.

Mudanças na permissão de saque pelo trabalhador demitido

Hoje, quem é demitido sem justa causa pode sacar todo o dinheiro do FGTS, além dos rendimentos e da multa de 40% sobre esse valor.

Entretanto, o governo está analisando limitar ou até impedir o saque, para os trabalhadores demitidos sem justa causa.

O intuito é acabar com acordos falsos entre empresas e trabalhadores, apenas para permitir o saque do FGTS.

Contudo, o governo permitiria que todo ano fosse resgatada uma parcela do fundo, no mês de aniversário do trabalhador.

Leia ainda:Reforma da Previdência: destaques aprovados mudam a vida do trabalhador; confira

Deixe seu comentário em: Saque do FGTS: liberação do saldo pode ser anunciada esta semana pela Caixa; saiba mais

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!