Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Saque do saldo do FGTS pode ser liberado essa semana pela Caixa Econômica Federal


O Diário Prime News não tem vínculo com nenhum banco ou instituição financeira. O objetivo do nosso blog é oferecer aos nossos leitores informações úteis, de qualidade e verídicas. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

O saque de até 35% das contas ativas do FGTS na Caixa, deve ser liberado pelo governo. O Ministério da Economia planeja uma retirada, que vai variar de acordo com o saldo do trabalhador. Ainda, segundo a equipe econômica, é previsto que a iniciativa de liberar o saque do Fundo de Garantia, injete cerca de 42 bilhões de reais na economia do país.

Saque do FGTS na Caixa: liberação pode ser anunciada esta semana; saiba mais
Saque do FGTS na Caixa: liberação pode ser anunciada esta semana; saiba mais

Liberação do FGTS na Caixa, é uma tentativa de reanimar a economia

O saque das contas ativas do FGTS e, também, do PIS/Pasep (já que haverá mais uma rodada de liberação de recursos) vai ajudar a aquecer o consumo e, certamente, reanimar a economia.

Pelo menos, essa é previsão do governo que prevê um crescimento do PIB de 0,81%.

A previsão, por fontes da área econômica, é que haja um anúncio oficial da medida nesta quinta-feira, com intuito de comemorar os 200 dias de governo.

De acordo com pronunciamentos do Ministro da Economia, Paulo Guedes, a liberação de recursos das contas do FGTS só deveriam ocorrer, após a aprovação da reforma da Previdência.

Porém, a votação em segundo turno ficou para agosto, na Câmara, e no Senado só deve ser realizada em setembro.

A equipe do Ministério da Economia avalia que é necessário anunciar um pacote de medidas, para mostrar trabalho. Embora tenha priorizado neste primeiro momento a reforma da Previdência.

Como vão funcionar os saques do FGTS?

O governo planeja uma liberação proporcional.

A liberação seria de acordo com o saldo nas contas do FGTS de cada trabalhador, dividindo em três faixas:

  • Quem tem até 5 mil reais – pode sacar 35% do saldo;
  • Quem tem até 10 mil reais – pode sacar 30% do saldo;
  • Acima de 50 mil reais – pode sacar 10% do saldo.

Contudo, uma outra faixa, ainda deve ser definida; a que compreende os valores entre 10 mil e 50 mil reais.

Calendário de liberação

O dinheiro do FGTS deve ser liberado de acordo com a data de aniversário. Entretanto os trabalhadores que já fizeram aniversário este ano, já poderiam sacar o benefício assim que fosse autorizado.

Leia ainda:Empréstimo Santander: crédito com garantia pode chegar a 2 milhões de reais; saiba mais

Rendimentos do FGTS também devem ser pagos

É previsto, também, que haja o pagamento do rendimento do fundo de garantia (distribuição de resultados) do ano passado.

O governo pode liberar metade desse lucro.

Em 2017, a rentabilidade do FGTS foi de 5,59%, no ano.

Mudanças na permissão de saque pelo trabalhador demitido

Hoje, quem é demitido sem justa causa pode sacar todo o dinheiro do FGTS, além dos rendimentos e da multa de 40% sobre esse valor.

Entretanto, o governo está analisando limitar ou até impedir o saque, para os trabalhadores demitidos sem justa causa.

O intuito é acabar com acordos falsos entre empresas e trabalhadores, apenas para permitir o saque do FGTS.

Contudo, o governo permitiria que todo ano fosse resgatada uma parcela do fundo, no mês de aniversário do trabalhador.

Leia ainda:Reforma da Previdência: destaques aprovados mudam a vida do trabalhador; confira

Deixe seu comentário em: Saque do FGTS: liberação do saldo pode ser anunciada esta semana pela Caixa; saiba mais


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!