Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Mais de 1 billhão de PIS/Pasep para saque até junho na Caixa e no BB; veja como fazer


O Diário Prime News não tem vínculo com nenhum banco ou instituição financeira. O objetivo do nosso blog é oferecer aos nossos leitores informações úteis, de qualidade e verídicas. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

PIS/Pasep – Mais de um bilhão de reais estão a espera de saque, até o próximo dia 28 de junho. O valor refere-se ao abono salarial devido a trabalhadores brasileiros, pertinente ao ano-calendário 2017. A Caixa Econômica Federal é responsável por pagar o PIS aos empregados da iniciativa privada, enquanto o Banco do Brasil, por sua vez, paga o Pasep aos servidores públicos.

Caixa e Banco do Brasil vão pagar somente até junho mais de Um Billhão de PIS-Pasep-Foto: Marcos Santos (USP Imagens)
Caixa e Banco do Brasil vão pagar somente até junho mais de Um Billhão de PIS-Pasep-Foto: Marcos Santos (USP Imagens)

Tabelas de Pagamento do PIS-Pasep

Siga o Diário Prime no Google News. Receba de graça os melhores conteúdos como TV Online , Loterias, Futebol ao Vivo, Finanças, Forex, em primeira mão.

As tabelas de pagamento do PIS/Pasep são diferentes. A Caixa Econômica usa a data de nascimento do trabalhador, para, assim, fazer a tabela. Já o Banco do Brasil, por sua vez, utiliza o último dígito do número do documento.

Tabela de pagamento do PIS:

Tabela PIS 2018-2019 – Reprodução

Tabela de Pagamento do Pasep:

Tabela Pasep 2018-2019- reprodução

2 milhões de trabalhadores ainda não sacaram

Dois milhões de brasileiros por algum motivo, ainda não sacaram o valor que têm direito. Isso representa quase 10% do universo total de trabalhadores, que têm direito ao benefício.

A maior parte desse contingente está no nordeste do país, com mais de 600 mil  pessoas, que ainda não foram aos bancos públicos para receberem os valores que lhes pertence.

Estados como Bahia, Maranhão e Sergipe são os que mais têm trabalhadores que ainda não sacaram o PIS/Pasep.

Do sul do país vem o segundo maior grupo de trabalhadores, que não foram receber a sua cota. Só no estado do Rio Grande do Sul, por exemplo, quase 400 mil cidadãos ainda não procuraram o seu direito.

Contudo no sudeste também se verificam retardatários. Somente no Rio de Janeiro tem mais 170 mil empregados que não foram aos bancos sacar o PIS-Pasep.

Condições para se ter direito ao PIS/Pasep

Para fazer jus ao benefício, o trabalhador precisa reunir as seguintes condições:

1- Precisa ser inscrito no PIS-Pasep por pelo menos cinco anos;

2- No ano de 2017 precisa ter trabalhado pelo menos 30 dias com carteira assinada se não for servidor público;

3- A média de sua remuneração mensal deve ser de no máximo dois salários mínimos;

4- Precisa que o empregador (empresa)  tenha feito e entregue ao governo a  chamada RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

Ano Base é 2017

O valor a receber por cada trabalhador é proporcional ao período trabalhado com registro formal no ano-base (2017).

Quem trabalhou por 12 meses durante esse ano, tem direito ao valor cheio, isso é, a  um salário mínimo (R$ 998).

Mas quem atuou pelo menos por 30 dias já pode sacar R$ 84, o equivalente a 1/12 do salário mínimo.

Quanto deve receber cada trabalhador?

O valor que cada trabalhador recebe a título de PIS-Pasep é proporcional ao período que foi trabalhado por ele no ano calendário. No caso em questão, no ano de 2017.

Dessa maneira quem trabalhou todos os 12 meses do ano de 2017 com carteira assinada, terá direito ao saque do equivalente a um salário mínimo, ou seja, R$ 998,00.

Quem trabalhou apenas um mês, recebe 1/12 de R$ 998,00. Quem trabalhou dois meses, recebe 2/12 de R$ 998,00. E assim por diante.

O mínimo de tempo  trabalhado de carteira assinada durante o período precisa ser de, como dito antes,  30 dias. E receberá por esse tempo cerca de R$ 84,00.

Como fazer o saque?

Confira agora, portanto, como trabalhadores da inciativa privada e funcionários públicos podem fazer o saque da quantia.

Empregado da iniciativa privada

O trabalhador da iniciativa privada que possuir o cartão cidadão e a senha terá mais facilidade para sacar o valor que faz jus.

Junto a qualquer terminal de autoatendimento (Caixa Eletrônico) da Caixa Econômica ou mesmo em uma casa lotérica credenciada, conseguirá receber o seu dinheiro.

Mas se não tiver o cartão cidadão, com um simples documento de identificação oficial, poderá em uma agência física da Caixa fazer o resgate também.

Além disso, caso queira mais informações, o trabalhador poderá ainda, com o número do seu PIS em mãos, entrar em contato pelo número de telefone 0800-726-02-07 da própria Caixa Econômica. E se preferir, poderá também acessar a internet pelo site www.caixa.gov.br/PIS (Consultar Pagamento).

Servidor Público

Se o trabalhador é um servidor público, ele será pago pelo Banco do Brasil. Ele tem direito a receber o Pasep.

Deverá, desse modo, procurar uma agência desse banco público (BB); ou se preferir,  entrar em contato pelo telefone 0800-729 00 01.

Com efeito, os recursos que não forem sacados até a data assinalada serão devolvidos ao FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Últimas Publicações