Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Onde é possível sacar o abono PIS/Pasep? Saiba os locais e documentos necessários


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

Brasília, 07 de novembro de 2019. Com o abono PIS/Pasep os trabalhadores podem receber anualmente a quantia de R$ 998,00 – o valor do salário mínimo atual. O benefício já começou a ser pago neste ano e segue o cronograma de acordo com o calendário divulgado pela Caixa e Banco do Brasil.

O valor do abono é muito bem-vindo nesse momento de dificuldade financeira no qual muitos brasileiros estão passando, afinal, quem trabalhou pelo menos 30 dias de carteira assinada em 2018 tem direito ao benefício. Além disso, boa parte da população sobre com o desemprego e com a restrição em órgãos de proteção ao crédito, como o SPC e Serasa.

Se você se enquadra entre as pessoas que tem direito ao abono salarial, saiba onde é possível sacar e quais os documentos necessários.

Onde é possível sacar o abono PIS/Pasep? Saiba os locais e documentos necessários
Onde é possível sacar o abono PIS/Pasep? Saiba os locais e documentos necessários

O que é o abono do PIS/Pasep?

O abono salarial é uma espécie de décimo quarto salário, que é pago ao trabalhador anualmente.

Equivale ao valor máximo de um salário mínimo e pode ser sacado conforme o calendário anual determina. Geralmente, varia conforme o mês de nascimento do trabalhador.

O Pasep é a sigla para Programa de Formação do Patrimônio do Servidor, também criado em 1970. Tem o mesmo objetivo do PIS: integrar o empregado e a empresa em que ele trabalha.

É o número de inscrição social que servidores públicos civis e militares possuem e que dá direito a benefícios como Seguro Desemprego, Abono Salarial, Fundo de Garantia etc.

Desse modo, o número do PIS pode ser encontrado na Carteira de Trabalho, no comprovante de inscrição ou no Cartão do Cidadão.

Veja também: Abono PIS/Pasep: como saber se você tem direito a R$998 anualmente?

Os documentos necessários

Os benefícios sociais ou trabalhistas recebidos através da rede da Caixa Econômica Federal, geralmente são pagos através do Cartão do Cidadão.

O beneficiário, por sua vez, indo a uma agência ou acionando o telefone 0800-726-0207, com o qual se fala com a instituição, consegue acesso ao Cartão.

No entanto, caso o trabalhador não tenha o Cartão do Cidadão, o valor do Abono Salarial ou dos Rendimentos do PIS podem ser recebidos em qualquer agência da Caixa. Isso, mediante apresentação de um documento oficial de identificação.

Quais seriam os documentos válidos para identificação do trabalhador que esteja sem o Cartão do Cidadão?

Conforme informa a própria Caixa Econômica Federal, os documentos relacionados abaixo se prestam a identificar o trabalhador; habilitando-o, portanto, a receber os valores do PIS, mesmo sem estar de posse do Cartão do Cidadão:

  • RG;
  • Carteira de Habilitação (modelo novo);
  • Carteira Funcional reconhecida por Decreto;
  • Identidade Militar;
  • Carteira de Identidade de Estrangeiros;
  • Passaporte emitido no Brasil ou no Exterior;
  • CTPS modelo informatizado.

Onde o trabalhador pode sacar o seu PIS/Pasep?

  • Funcionários de empresa privada que possuem Cartão Cidadão e senha: saque disponível em caixas eletrônicos da Caixa ou em loterias;
  • Trabalhadores que não têm o Cartão Cidadão: saque em uma agência da Caixa com documento de identificação com foto;
  • Correntistas da Caixa: o abono é depositado automaticamente na conta, desde que haja movimentação e saldo acima de R$ 1;
  • Servidor público: o saque está liberado nas agências do Banco do Brasil mediante a apresentação de um documento com foto. Correntistas do BB também recebem o valor diretamente na conta. Quem não possui conta na instituição pode solicitar a transferência para outro banco presencialmente em uma agência ou pela internet. O serviço é gratuito.

Leia ainda: Abono PIS/Pasep: há prazo para receber o benefício? Saiba agora


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!