Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Saques do FGTS liberados na Caixa: quais benefícios trará à sociedade?


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

A liberação de saques das contas inativas e ativas do FGTS na Caixa, é umas das estratégias em pauta no governo. A medida tem como objetivo procurar estimular, a economia, que apresentou uma retração de 0,2% no primeiro trimestre do ano de 2019. O país passa por uma grave crise fiscal e uma elevada taxa de desemprego; causando, assim, muitas incertezas. O que afeta tanto a confiança dos empresários, quanto a dos consumidores. Para fazer, portanto, com que a economia se recupere, reformas importantes são aguardadas, como a da Previdência, por exemplo. No entanto liberar o saque do FGTS surtiria efeito nessa recuperação?

A liberação do FGTS vai injetar quanto na economia ?

FGTS liberado para saques na Caixa, vai socorrer uma economia em crise? Entenda
FGTS liberado para saques na Caixa, vai socorrer uma economia em crise? Entenda

O Ministério da Economia espera algo em torno de R$ 20 bilhões de reais (saques do FGTS), porém, se somados aos saques do PIS/Pasep, esse montante pode chegar aos R$ 40 bilhões.

Porém, ainda não há uma definição quanto às regras de liberação:

  • Se elas vão abranger os contratos de trabalho em andamento (contas ativas);
  • Contratos de trabalho já encerrados (contas inativas);
  • E também se haverá limites para os saques.

Possivelmente, caso a reforma da Previdência seja aprovada, a liberação para saques das contas ativas FGTS, para aquecer ainda mais a economia, será contemplada.

Leia ainda:Prazo de saque do FGTS na Caixa pode diminuir para aquisição de imóvel

Quem pode sacar o FGTS e quando estará disponível?

As autorizações de saque do fundo são permitidas em várias situações elencadas pela lei. Mas em boa parte das vezes o empregado movimenta a sua conta na Caixa em dois momentos básicos:

  1. Aposentadoria- Nesse caso o trabalhador pode sacar 100% do saldo.
  2. Demissão sem justa causa – O trabalhador recebe o valor depositado pela empresa, mais uma multa de 40% sobre esse valor.

Ainda de acordo com a nova regra da CLT (sancionada no governo Michel Temer), há a possibilidade de saque através de acordo entre o trabalhador e a empresa, com a possibilidade de saque de 80% do saldo (pelo ex-empregado) e mais uma multa de 20% sobre esse valor.

O saque do FGTS ainda é permitido, por exemplo, para a compra de imóvel, para o portador (ou dependentes) de doença grave ou terminal e trabalhadores que estejam por pelo menos três anos consecutivos fora do regime do fundo.

Previsão da liberação dos saques na Caixa, pelo governo

A previsão é que o governo libere após a aprovação da reforma da previdência, o que deve ocorrer até o mês de setembro deste ano.

Só os recursos do FGTS, na retomada do crescimento, não devem ser significativos

De acordo com economistas e especialistas financeiros, o efeito sobre a demanda será limitado.

Muitos especialistas acreditam que a reforma tributária tem um efeito até mais positivo que a da Previdência, já que ajuda na recuperação da confiança dos investidores.

Outras iniciativas, portanto, como concessões e privatizações também seriam um fator positivo.

A recuperação da confiança do consumidor e do empresário é, portanto, fundamental para o aumento da demanda.

O governo espera que uma iniciativa como esta, de liberação os saques do Fundo de Garantia dos trabalhadores disponibilize, portanto, mais verba às famílias e, dessa forma, fiquem mais propensas a consumir.

Isso geraria, assim, um maior estímulo à produção e, como consequência, haveria um aumento no emprego e renda.

Porém, somente um volume financeiro oriundo das contas do FGTS, não é suficiente para expandir a capacidade de produção.

Pois sem a retomada dos investimentos, o país não conseguirá ter um crescimento sustentável.Torna-se necessário solucionar o desequilíbrio das contas públicas; por isso, a aprovação da reforma da Previdência seria fundamental.

Leia ainda:Entenda os tipos de aposentadoria nas regras atuais do INSS

 


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!