Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Liberação do FGTS inativo tende a retirar muita gente do SPC e Serasa


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

A planejada liberação do saldo das contas inativas do FGTS e também do próprio PIS/Pasep, mais pra frente, terá como objetivo aquecer a economia. Isso, é claro, além de aliviar a vida financeira de muitas famílias endividadas por todo o Brasil. Somente o saque do FGTS pode chegar a 30 bilhões de reais. Apesar de ser uma medida paliativa, poderá ajudar a muitas pessoas a tirarem seus nomes do SPC e Serasa, e voltarem a ter crédito na praça. Confira.

Economia em baixa precisa de ações do governo

Liberação do FGTS inativo deve colocar 30 bilhões de reais na economia e tirar muita gente do SPC e Serasa
Liberação do FGTS inativo deve colocar 30 bilhões de reais na economia e tirar muita gente do SPC e Serasa

Com a economia do país em baixa e um percentual enorme de desempregados e de cidadãos com nomes negativados no SPC e Serasa, o governo estuda maneiras de promover algumas ações que estimulem o mercado interno. E, desse modo, ajudem as famílias a superarem esse momento ruim.

Leia ainda: Governo quer melhorar rentabilidade do FGTS e facilitar saque na Caixa pelo trabalhador

Dentre essas medidas está a liberação dos valores do  FGTS e também do PIS/Pasep.

No governo passado houve ações semelhantes com a  liberação dos saldos do FGTS inativo.

Esses saldos inativos correspondem aos valores das contas vinculadas junto à Caixa Econômica Federal, que não recebem mais depósitos mensais já há algum tempo.

Isso funcionou bem na ocasião e oxigenou em certa medida a economia do país. E famílias conseguiram recuperar o crédito, saindo do SPC e Serasa.

O governo concentrou-se primeiro no FGTS

Talvez até por isso mesmo o  governo preferiu se concentrar primeiro nos saldos das contas do FGTS.

E ainda que esteja em estudos, uma nova forma para o saque do PIS/Pasep deve mesmo ficar para um segundo momento.

Dessa maneira, a depender do caminhar da reforma Previdenciária no Congresso Nacional, é quase certo que o Ministério da Economia deve autorizar neste segundo semestre, os saques das contas inativas do FGTS.

Veja também: Confira sobre o FGTS do aposentado frente a Reforma da Previdência

E, assim, também estabelecer alguma forma de saque até mesmo em contas que estejam ativas. Mas os critérios não foram divulgados.

Preocupação com ações mais estruturais

Os especialistas, incluindo os próprios técnicos do governo, afirmam, no entanto, que essas medidas são apenas paliativas. Somente serão úteis de fato se forem sustentadas por mudanças estruturais.

E essas mudanças na estrutura da economia viriam através das reformas, como por exemplo, a da Previdência, mencionada antes.

Veja também: É possível utilizar o saldo do FGTS na Caixa para abater prestações de financiamento? Confira

Por isso, Paulo Guedes, ministro da economia de Bolsonaro, deseja ter certeza de que esta reforma que está tramitando no Congresso, de fato será aprovada.

Portanto somente depois disso, cuidar da liberação do FGTS inativo, e até, talvez, dos saldos de contas ativas também; e por fim, do PIS/ Pasep.

Faltará recursos para os programas habitacionais com tantos saques no FGTS?

Outra preocupação, entretanto, é de que os saques nas contas do FGTS, sobretudo dos valores em contas ativas, prejudiquem o financiamento de infraestrutura e também dos programas habitacionais.

O programa Minha Casa Minha Vida, por exemplo, depende muito dos recursos do FGTS.

O argumento do governo, no entanto, é de que não haveria prejuízo, porque terá o cuidado de possibilitar saques apenas de uma pequena parcela nas contas ativas dos trabalhadores.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!