Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Saque do FGTS pode ficar disponível a todos os trabalhadores; saiba mais


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

Projeto de lei propõe liberar o saque integral do FGTS para trabalhadores que tenham pedido demissão. A senadora Rose de Freitas (Podemos–ES), autora do projeto PLS 392/2016, acredita que o governo não deve reter o dinheiro do Fundo de Garantia, e que a melhor coisa a ser feita é permitir que o trabalhador possa fazer o que bem entender, com um recurso que é seu por direito.

Dinheiro do FGTS pode ficar disponível para todos os trabalhadores; entenda mais
Dinheiro do FGTS pode ficar disponível para todos os trabalhadores; entenda mais

Se o projeto for aprovado, praticamente todos os trabalhadores poderão sacar o FGTS

Veja ainda: Emprego: descubra os 5 melhores sites gratuitos para encontrar oportunidades

Hoje, a lei só permite sacar o dinheiro do FGTS o trabalhador que tenha sido demitido sem justa causa, e, também, em casos específicos como:

  • Para comprar um imóvel;
  • Pessoa que estiver com uma doença grave;
  • Fechamento da empresa;
  • E o caso mais comum, o trabalhador que se aposente.

Em resumo apenas os trabalhadores demitidos por justa causa, é que não teriam direito a sacar o benefício.

Com o projeto da senadora sendo aprovado e, portanto, liberando também o saque para os trabalhadores que tenham pedido demissão, isso vai permitir um acesso muito mais amplo aos recursos do FGTS, para todos.

Para a Senadora, como o dinheiro pertence ao trabalhador, ele é quem deve decidir como usar o recurso. Ela afirma:

“É chegada a hora de entendermos que o trabalhador quer dar um basta à ideia equivocada de que deve ser tutelado pelo Estado. Ninguém sabe melhor o que fazer com os seus recursos do que o seu proprietário, que é o legítimo dono desse dinheiro”.

Projeto será votado no senado

Se for aprovado no Senado, então será a vez da Câmara dos Deputados votar.

Se não houver alteração, o projeto será encaminhado ao presidente, para que ele possa aprovar ou não (sancionar a lei).

Assim que um projeto é sancionado, ele passa a ser uma lei com uma data definida para começar a vigorar.

A partir daí é que os trabalhadores poderão sacar o FGTS, se tiverem pedido demissão dos seus empregos.

Leia ainda:Do desemprego a dono de negócio: 8 franquias para investir a partir de R$ 300,00

Dinheiro do FGTS pode render mais nas mãos dos trabalhadores

O rendimento hoje, do dinheiro o fundo de garantia, não consegue cobrir nem a inflação (o aumento dos preços).

Isso significa, portanto, que todos os dias o trabalhador está “perdendo dinheiro”, já que o poder de compra só diminui.

Contudo, para Fabrício Fernandes, economista e consultor, facilitar o acesso dos recursos do FGTS podem beneficiar bastante a economia.

Podendo sacar o recurso, eles poderão colocar em alguma aplicação mais vantajosa ou até investir em algum negócio.

“Com o dinheiro nas mãos das pessoas, e com o mercado gerando cada vez menos emprego, as pessoas tendem a investir em micro e pequenos negócios, circulando melhor o capital, a distribuição de renda e assim, gerar mais empregos e impostos para o país”, afirmou o economista ao Diário Prime News.

Leia ainda:Cartão de crédito aprovado: Nubank agora tem aprovação imediata

Mas e você, o que acha do projeto? Deixe seu comentário!

Deixe seu comentário em: Dinheiro do FGTS pode ficar disponível para todos os trabalhadores; saiba como sacar o benefício


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!