Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Saque do FGTS pode ficar disponível a todos os trabalhadores; saiba mais


O Diário Prime News não tem vínculo com nenhum banco ou instituição financeira. O objetivo do nosso blog é oferecer aos nossos leitores informações úteis, de qualidade e verídicas. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

Projeto de lei propõe liberar o saque integral do FGTS para trabalhadores que tenham pedido demissão. A senadora Rose de Freitas (Podemos–ES), autora do projeto PLS 392/2016, acredita que o governo não deve reter o dinheiro do Fundo de Garantia, e que a melhor coisa a ser feita é permitir que o trabalhador possa fazer o que bem entender, com um recurso que é seu por direito.

Dinheiro do FGTS pode ficar disponível para todos os trabalhadores; entenda mais
Dinheiro do FGTS pode ficar disponível para todos os trabalhadores; entenda mais

Se o projeto for aprovado, praticamente todos os trabalhadores poderão sacar o FGTS

Veja ainda: Emprego: descubra os 5 melhores sites gratuitos para encontrar oportunidades

Hoje, a lei só permite sacar o dinheiro do FGTS o trabalhador que tenha sido demitido sem justa causa, e, também, em casos específicos como:

  • Para comprar um imóvel;
  • Pessoa que estiver com uma doença grave;
  • Fechamento da empresa;
  • E o caso mais comum, o trabalhador que se aposente.

Em resumo apenas os trabalhadores demitidos por justa causa, é que não teriam direito a sacar o benefício.

Com o projeto da senadora sendo aprovado e, portanto, liberando também o saque para os trabalhadores que tenham pedido demissão, isso vai permitir um acesso muito mais amplo aos recursos do FGTS, para todos.

Para a Senadora, como o dinheiro pertence ao trabalhador, ele é quem deve decidir como usar o recurso. Ela afirma:

“É chegada a hora de entendermos que o trabalhador quer dar um basta à ideia equivocada de que deve ser tutelado pelo Estado. Ninguém sabe melhor o que fazer com os seus recursos do que o seu proprietário, que é o legítimo dono desse dinheiro”.

Projeto será votado no senado

Se for aprovado no Senado, então será a vez da Câmara dos Deputados votar.

Se não houver alteração, o projeto será encaminhado ao presidente, para que ele possa aprovar ou não (sancionar a lei).

Assim que um projeto é sancionado, ele passa a ser uma lei com uma data definida para começar a vigorar.

A partir daí é que os trabalhadores poderão sacar o FGTS, se tiverem pedido demissão dos seus empregos.

Leia ainda:Do desemprego a dono de negócio: 8 franquias para investir a partir de R$ 300,00

Dinheiro do FGTS pode render mais nas mãos dos trabalhadores

O rendimento hoje, do dinheiro o fundo de garantia, não consegue cobrir nem a inflação (o aumento dos preços).

Isso significa, portanto, que todos os dias o trabalhador está “perdendo dinheiro”, já que o poder de compra só diminui.

Contudo, para Fabrício Fernandes, economista e consultor, facilitar o acesso dos recursos do FGTS podem beneficiar bastante a economia.

Podendo sacar o recurso, eles poderão colocar em alguma aplicação mais vantajosa ou até investir em algum negócio.

“Com o dinheiro nas mãos das pessoas, e com o mercado gerando cada vez menos emprego, as pessoas tendem a investir em micro e pequenos negócios, circulando melhor o capital, a distribuição de renda e assim, gerar mais empregos e impostos para o país”, afirmou o economista ao Diário Prime News.

Leia ainda:Cartão de crédito aprovado: Nubank agora tem aprovação imediata

Mas e você, o que acha do projeto? Deixe seu comentário!

Deixe seu comentário em: Dinheiro do FGTS pode ficar disponível para todos os trabalhadores; saiba como sacar o benefício


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!