Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Saque do FGTS pode ser de até 3 mil reais; confira detalhes

Plano do governo pode liberar o saque somente das contas inativas do trabalhador


O Diário Prime News não tem vínculo com nenhum banco ou instituição financeira. O objetivo do nosso blog é oferecer aos nossos leitores informações úteis, de qualidade e verídicas. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

A liberação do saque do FGTS pode ficar limitado ao valor de R$ 3 mil. A equipe de economia do governo avalia a fixação de um teto e também de permitir a liberação dos recursos do Fundo de Garantia, somente, das contas inativas. A preocupação do governo é não beneficiar quem não precisa do recurso do FGTS.

Saque do FGTS pode ser de até 3 mil reais; confira
Saque do FGTS pode ser de até 3 mil reais; confira

Anúncio sobre a liberação dos recursos deve ocorrer na próxima semana

Nesta última quinta-feira (18) o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que a liberação dos saques das contas do FGTS e também do PIS/Pasep serão anunciados na próxima semana.

Mais precisamente, o anúncio dos detalhes da liberação dos recursos de contas ativas do FGTS e do PIS/Pasep ocorrerá na quarta-feira (24), às 16h, segundo Lorenzoni.

De acordo com o ministro, faltam ajustar detalhes técnicos para detalhar como funcionará a liberação dos saques.

“Tomamos a decisão que na semana próxima vai ser feita a apresentação da medida provisória que trata da questão do fundo de garantia [FGTS] e também do PIS/Pasep. Os dois serão apresentados conjuntamente, provavelmente entre quarta e quinta, vai depender da agenda do presidente [Jair Bolsonaro]”, disse o ministro.

Leia ainda:Cartão de Crédito Crefisa: uma opção de empréstimo para negativados; conheça mais

Governo quer limitar saque pois se preocupa com a sustentabilidade do FGTS

O FGTS hoje é a principal fonte de recursos para financiar a habitação, principalmente para a classe de baixa renda.

A equipe econômica do governo quer, portanto, evitar que a liberação de recursos do FGTS possa prejudicar a sustentabilidade do fundo.

Rendimento do fundo

Hoje, os recursos do FGTS, que ficam presos na Caixa Econômica, rendem apenas 3% ao ano.

Além disso, de acordo com dados do conselho que administra o FGTS, cerca de 81,9% das contas têm saldo de até seis salários mínimos.

De acordo com fontes que estão a par do assunto, sobre a liberação do FGTS, o governo teme que pessoas que tenham valores elevados nas contas, possam transferir os recursos para aplicações financeiras mais rentáveis.

Portanto, a equipe econômica está avaliando autorizar o saque somente das contas inativas.

Contas inativas são as que não estão recebendo depósitos (do trabalhador que esteja desempregado).

Efeito positivo sobre a economia

A intenção do presidente e sua equipe de governo, com essa medida, é de aquecer a economia.

A meta inicial é de injetar pelo menos R$ 30 bilhões de reais no mercado.

Esse dinheiro estimularia, assim, o consumo das famílias.

Contudo, caso os saques sejam liberados somente das contas inativas, esse valor deve ficar em torno dos R$ 20 bilhões de reais.

Ainda de acordo com economistas, os recursos do FGTS podem, de fato, ter um efeito positivo sobre a economia.

O economista-chefe do Banco ABC, Luis Otávio Leal, lembra que a liberação das contas inativas, no governo Temer, ajudou a impulsionar o consumo e a elevar o PIB daquele ano (2017), crescendo 1%.

Leia ainda:Como ganhar dinheiro: conheça 5 fintechs para investimentos lucrativos


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!