Top Stores

- Publicidade -

Queda de pelos em pets: quais as possíveis causas? Veja agora mesmo

Entenda o que está por trás da queda de pelo de cães e gatos

Top Stories Horóscopo do dia: como é no signo de Aquário a personalidade feminina

A queda de pelo nos animais pode preocupar muitos tutores e podem surgir algumas dúvidas com relação se isso é normal ou não. Portanto, hoje (20/07) aqui no Diário Prime trouxemos uma matéria para esclarecer porque ocorre a Queda de pelo em pets. Não deixe de conferir.

Queda de pelos em pets: quais as possíveis causas? Veja agora mesmo
Queda de pelos em pets: quais as possíveis causas? Veja agora mesmo – Guiaanimal

Queda de pelo em pets: quais as causas?

A queda de pelos em cães e gatos pode estar associada a muitos fatores, mas cada um deles requer uma atenção especial do tutor. E dessa forma, saber o que fazer quando isso acontecer.

Todos os animais trocamos pelos naturalmente devido as estações, principalmente no verão e inverno. Isso porque os pelos dos cães e gatos servem como uma proteção para manter a temperatura corporal e, portanto, se adapte a cada estação.

No entanto, a queda de pelo nos pets também pode acorrer devido a doenças, as quais exigem uma atenção maior dos tutores. Pois dessa forma, quanto antes descobrir a verdadeira causa, melhor para seu animalzinho.

Portanto, as doenças de pele causadas por fungos estão na lista das principais causas da queda de pelo tanto de cães como de gatos. Por isso, caso apareçam sinais como forte odor, caspas, falhas ou opacidade, fique atento e procure ajuda veterinária.

Além disso, sarnas, piolhos, alergias e até mesmo alterações hormonais podem causar perda de pelo em pets.

Sendo muito importante lembrar que com relação as alterações hormonais, as fêmeas são mais afetadas que os machos. Dessa forma, a queda de pelo pode ser mais intensa após o cio ou parto.

Pets x Queda de pelo

Queda de pelos em pets: quais as possíveis causas? Veja agora mesmo
Queda de pelos em pets – CANVA

Em geral, tanto os cães de pelo longo como curto sofrem com a queda de pelos. No entanto, como os cães de pelo longo tem cuidados de escovação e banhos semanalmente, o problema é menos visto.

Já aqueles os de pelagem curta requerem menos cuidados e dessa forma, acabam deixando mais evidentes os pelos pela casa.

Os gatos também sofrem, e os de pelagem longa passam por troca de pelo por todo o ano, intensificando as trocas no inverno e verão. Além disso, em gatos, o estresse pode ser um dos fatores que mais contribuem para a queda dos pelos.

O que fazer com a queda de pelo?

Com a finalidade de minimizar a queda de pelo, ações simples como escovação e banho podem ajudar e muito nesse aspecto. Lembrando é claro, que tanto os banhos como escovação devem ser de acordo com as recomendações para cada raça e espécie.

Agora, caso a queda de pelo esteja intensa procure o médico veterinário do seu pet, pois somente ele poderá avaliar quais as possíveis causas e realizar o tratamento adequado.
Além disso, mantenha o protocolo vacinal do seu cãozinho ou gato em dias.

Isso porque, as vacinas previnem muitas doenças que tem como um dos sintomas queda de pelos.

Portanto, atente-se também ao ambiente e os possíveis estresses que seu animal possa passar, como introdução de novos animais, cio ou parto. E dessa forma, mantenha seu filho de quatro patas feliz e saudável.

E para conferir a alegria dos pets em um momento relax, confira o vídeo!

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News.
Comentários
Loading...