Top Stores

- Publicidade -

Farinhas sem glúten: conheça os tipos e benefícios para uma receita perfeita

Você não precisa deixar de fazer aquele bolo ou pão caseiro que tanto ama, visto que há alternativas interessantes

Top Stories Mapa astral: conheça a personalidade dos signos de câncer e sagitário

O glúten é uma proteína presente em diversos alimentos. Quando falamos em farinha, logo vem à mente a farinha de trigo, não é mesmo? No entanto, o consumo dela é proibido para pessoas que têm a doença celíaca ou algum grau de intolerância ao glúten. Tendo isso em vista, o Blog Mega Gostoso do Diário Prime preparou nessa segunda (19/07) esse artigo que trata sobre farinhas sem glúten.

Assim sendo, confira os principais tipos, as vantagens de utilizar esse tipo de farinha e algumas dicas de receitas. Dessa forma, você não vai deixar de fazer aquele bolo ou pão caseiro que tanto ama, visto que há alternativas super bacanas.

Farinhas sem glúten: saiba como usar; conheça os tipos e benefícios
Farinhas sem glúten: saiba como usar; conheça os tipos e benefícios – Imagem: Divulgação Globo

Confira também: Arroz Piamontese: confira receita sofisticada e prática para o almoço ou jantar

Tipos de farinhas sem glúten

As farinhas sem glúten são opções mais comuns do que se imagina e ideais para substituir a farinha de trigo.

Veja os tipos de farinha mais comuns e suas características:

  • Amêndoas – alta densidade de nutrientes e compostos ativos;
  • Côco – muitas fibras e baixo carboidrato;
  • Arroz integral – alto teor de fibras;
  • Milho – sabor específico, perfeita para ser utilizada em receitas de bolo;
  • Farinha de tapioca – opção leve e amilácea;
  • Amaranto – alto teor de proteína e sabor agradável;
  • Farinha de aveia – comum e rica em fibras solúveis.

Portanto, há muitas alternativas saudáveis e incríveis para usar em substituição à farinha com glúten. Além disso, as farinhas sem glúten são versáteis e você consegue preparar muitas receitas com elas.

Brownie sem glúten

Receita popular e que todo mundo gosta, o brownie sem glúten é feito com os seguintes ingredientes:

  • 1 xícara de farinha de arroz integral;
  • 6 ovos;
  • 300 gramas de chocolate 70% cacau;
  • 1 xícara de açúcar demerara;
  • ½ xícara de farinha de amêndoas;
  • 3 colheres de fécula de batata;
  • Nozes a gosto;
  • 1 xícara de óleo de girassol.

Para preparar, siga o passo a passo:

  • Misture os ingredientes secos;
  • Adicione aos poucos os outros ingredientes;
  • Logo em seguida, derreta o chocolate e envolva na massa;
  • Coloque em uma assadeira untada e adicione as nozes;
  • Asse por 30 minutos;
  • Por fim, sirva!

Bolo de chocolate sem glúten

Outro queridinho, o bolo de chocolate sem glúten é feito com os itens:

  • 210 gramas de farinha de arroz branca ou integral (1 xícara + 3/4 xícara);
  • 360 gramas de açúcar branco (2 xícaras);
  • 15 gramas de fermento em pó químico (1 colher de sopa);
  • 1,5 grama de sal (1/4 colher de chá);
  • 240 gramas de leite ou leite vegetal sem açúcar (1 xícara);
  • 4 ovos;
  • 170 gramas de óleo vegetal neutro (canola, girassol, milho, etc) (180 ml | 3/4 xícara);
  • 50 gramas de cacau em pó (1/2 xícara).

Para untar a forma:

  • 16 g de cacau em pó (2 colheres de sopa);
  • 15 g de manteiga sem sal (1 colher de sopa).

Prepare a receita:

  • Ligue o forno em 180°C e ajuste a grade para a posição do centro;
  • Passe a manteiga sobre toda a superfície da forma. Em seguida polvilhe e chacoalhe o cacau em pó de maneira que toda a superfície da forma esteja coberta. Por fim, bata a forma sobre uma superfície firme para retirar o excesso de cacau em pó;
  • Separe todos os ingredientes e meça-os, deixando-os devidamente prontos para o início da receita;
  •  Em uma tigela média, adicione a farinha de arroz, cacau em pó e o fermento químico, e peneire-os com uma peneira fina. Reserve;
  • Na sequência, em uma tigela grande, adicione o açúcar, o leite ou leite vegetal, os ovos, o óleo vegetal e o sal. Bata até que se forme uma emulsão homogênea e o açúcar tenha se dissolvido totalmente;
  • Adicione, portanto, gradualmente a mistura com os ingredientes secos na emulsão. Mexa delicadamente até que se forme uma mistura homogênea;
  • Coloque a massa na forma e leve ao forno, preaquecido em 180°C, por 50 a 55 minutos. O tempo de cozimento pode variar um pouco, devido ao tipo de forno utilizado;
  • A massa não deve ultrapassar 2/3 da capacidade da forma;
Faça o ‘teste do palito’:
  • Para saber, entretanto, se o bolo está pronto, faça o teste. Abra o forno com cuidado e perfure o centro do bolo com a ponta de uma faca ou palito. Se a ponta da faca sair limpa, o bolo está assado;
  • Espere o resfriamento parcial do bolo. Em seguida, é só passar uma faca fina entre o bolo e a forma para soltá-lo completamente. Assim, desenforme sobre um prato de bolo ou grade de resfriamento.

Leia ainda: Filé de Frango à Parmegiana: confira receita prática para o almoço ou jantar

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News.
Comentários
Loading...