Diário Prime o portal de notícias de Mato Grosso!

Sport pode lucrar milhões com a transação de Joelinton na Europa

Jogador revelado no Sport pode render porcentagem em negociação entre Hoffenheim e Newcastle


O Hoffenheim, da Alemanha, quer negociar Joelinton com o Newcastle, da Inglaterra, segundo informações do jornal The Mirror.

O valor envolvido na transação é estimado em cerca de 40 milhões de euros (por volta de R$ 160 milhões), o que acaba rendendo um espólio ao Sport Recife, clube formador. O brasileiro, inclusive, sequer está participando da pré-temporada com o Hoffenheim.

Após uma pergunta de um internauta nas redes sociais em relação à ausência do centroavante, o perfil oficial do clube respondeu com sinceridade: “Joe não está porque tem negociações concretas com um time do Campeonato Inglês. Pode ser que nos deixe”.

Caso a venda seja confirmada pelos valores citados, o Sport, pelo fato de ser o clube formador de Joelinton, terá direito a receber cerca de R$ 4 milhões, valor referente aos 2,25% do mecanismo de solidariedade da Fifa.

Joelinton chegou ao Sport em 2011 e desde o sub-17 foi apontado como um dos bons valores do clube, contando com convocações para a seleção da categoria. Em 2013 teve as primeiras chances no profissional, mas só foi definitivamente integrado no ano seguinte, quando se firmou como titular na reta final do Campeonato Brasileiro.

O atacante recebeu a camisa nove em 2015, teve altos e baixos, mas voltou a se destacar no Nacional antes de ser vendido em junho ao Hoffenheim por R$ 7 milhões. Com dificuldades na Alemanha, Joelinton foi emprestado ao Rapid Wien, da Áustria, e cresceu de produção, sendo reintegrado ao elenco. Na última temporada, disputou 35 jogos, fez 11 gols e deu nove assistências.

Entretanto, para o Sport receber os cerca de R$ 4 milhões que teria direito por ser o clube formador, o processo não é do dia para a noite, segundo explicou o presidente leonino.

É feito um processo e demanda um tempo. Você tem que comprovar que você realmente é o formador do atleta e tem que mandar uma série de documentações e toda essa transação é feita via Banco Central, onde será feito o câmbio com o valor do dia e eu espero que o Euro não esteja desvalorizado nesse momento”, brincou o mandatário.

E o dinheiro ainda corre o risco de ser bloqueado via Justiça do Trabalho. “Sim, existe essa possibilidade (do bloqueio). Mas eu acho que não caberia para essa situação”, finalizou.

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!



Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais