Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Futebol ao vivo: Colon x Argentinos Juniors pela Copa Sul Americana nesta quinta

No primeiro jogo, o Argentinos Juniors venceu por 1 a 0 no estádio do rival, o que lhe dá o direito de avançar em caso de nova vitória ou empate. O Colón precisa ganhar por margem mínima para reverter a situação, mas desde que assinale ao menos dois gols.


Atenção: Siga o Diário Prime no Google News e assine nosso Canal no You Tube!

O estádio Diego Armando Maradona, em Buenos Aires, será o cenário do jogo de volta envolvendo Colon e Argentinos Juniors nesta quinta-feira, 18 de julho. O duelo, que tem início marcado para 21h30 (horário de Brasília), indicará quem avança para as quartas de final da disputa tendo pela frente o ganhador do confronto entre Zulia (Venezuela) e Sporting Cristal (Peru).

No primeiro jogo, o Argentinos Juniors venceu por 1 a 0 no estádio do rival, o que lhe dá o direito de avançar em caso de nova vitória ou empate. O Colon precisa ganhar por margem mínima para reverter a situação, mas desde que assinale ao menos dois gols.

Um gol de Romero, aos 38 minutos do primeiro tempo, definiu a vitória em favor do Argentinos Juniors no jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. O Colon bem que tentou pressionar no segundo tempo, mas não foi capaz de reverter o resultado, que se estendeu até o término da partida, finalizando em vitória para os Juniors.

Visitantes da noite, o Argentinos Juniors joga o torneio com o regulamento debaixo do braço. Começou na Copa Sul-Americana contra o Estudiantes, da Venezuela. Venceu, em casa, por 2 a 0, e administrou a vantagem no jogo de volta, em que foi batido por 1 a 0. Na fase dois, superou o Tolima, em roteiro bastante parecido. Fez 1 a 0 no jogo caseiro e segurou o empate sem gols na partida em solo colombiano. O desempenho nos torneios nacionais não foi dos melhores.

Do lado do mandante, a campanha do Colon tem sido mais expressiva. Depois de empatar seu gols contra o River Plate, do Uruguai, o time de Santa fez valer o mando de campo e marcou 3 a 1 garantindo sua sobrevivência na luta pelo título do torneio continental. Na primeira fase, havia avançando ainda com maior facilidade derrotando duas vezes o Deportivo Municipal, do Peru. Marcou 3 a 0 (fora) e 2 a 0 (casa).

O bom desempenho externo não foi repetido no cenário nacional. Na Superliga Argentina, o Colon ficou em antepenúltimo lugar ao acumular apenas 23 pontos (quatro vitórias, 11 empates e dez derrotas). Como mandante, seu desempenho foi significativamente superior. Foi o décimo quinto melhor dono da casa. Conseguiu 19 pontos (quatro vitórias, sete empates e uma derrota) na condição de coluna um.

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!