Top Stores

- Publicidade -

Abono extra BPC começa a ser pago em outubro, veja quem pode receber

O auxílio inclusão é uma novidade que começa a ser paga ainda em 2021.

Top Stories Bolo brevidade: aprenda a receita que realmente é “breve”, mas muito saborosa

O abono extra BPC recebeu aprovação ainda em junho. Com isso, seu pagamento iniciará ainda em 2021. Mais precisamente em outubro deste ano. Dessa forma, milhões de brasileiros poderão se beneficiar. Veja hoje (25/07) quem irá recebê-lo e quais são as regras.

O que é o BPC?

A sigla corresponde ao Benefício de Prestação Continuada. Ele, então, volta-se às pessoas com deficiência e aos idosos com mais de 65 anos e sem fonte de renda. Contudo, o adicional aprovado em junho não beneficia a todos os beneficiários do BPC.

O que é o abono extra do BPC?

Ele corresponde ao auxílio inclusão. Este, por sua vez, é um benefício que surgiu com a aprovação da Lei 14176/2021. Contudo, diferentemente do que possa parecer em um primeiro momento, ele não será complementar ao pagamento do BPC.

Isto é, para receber o abono extra o cidadão deixa de receber o Benefício de Prestação Continuada. O auxílio, então, é uma parcela que substitui o BPC. E isso se deve à própria natureza do benefício.

Para que se receba o beneficiário precisa, afinal, obter um emprego formal. Com isso, pretende-se fomentar a entrada de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. E, portanto, promover a inclusão social.

Em outras palavras, será possível receber o abono extra BPC ao mesmo tempo em que se garante o salário. Anteriormente, por outro lado,  quando alguém recebia o BPC e adentrava no mercado de trabalho, deixava de ganhar o benefício. Contudo, agora garante um auxílio à parte.

É por isso que o auxílio inclusão está causando grandes expectativas. Seu pagamento, que começa em outubro deste ano, é de R$ 500.

abono extra BPC
Nova lei permite recebimento de salário junto a um bônus de R$ 500 do BPC! – Foto: Reprodução/Infomoney

Quem poderá receber o abono extra BPC?

Somente terão acesso ao benefício as pessoas com deficiência que já receberam o BPC ao menos uma vez nos últimos 05 anos. Com isso, exclui os idosos que recebem o benefício de prestação continuada. Igualmente, deficientes que nunca fizeram uso do auxílio.

São outros dos requisitos, ainda:

  • Entrar formalmente no mercado de trabalho;
  • Ter renda per capita (por pessoa da família que reside no mesmo lar) de até R$ 2.200.

Lucro do FGTS: Desempregados também têm direito, veja quando irá receber

Os lucros do Fundo de Garantia deverão ser liberados em breve. Com isso, o saldo do FGTS dos trabalhadores irá aumentar. Veja, então, quem tem direito e quando será o pagamento.

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News.
Comentários
Loading...