No começo agora de 2018, o site americano Bloody Disgusting revelou que Jordan Peele estava demonstrando um considerável interesse em fazer um remake para o clássico filme de terror chamado “Candyman”, exibindo então um novo relatório comprovando que o projeto está seguindo seu curso de forma oficial. Em outras palavras, um novo filme de Candyman realmente vem por aí!

A revista Variety, no entanto, explicou que o filme funcionaria como uma espécie de “seqüência espiritual”, contrapondo-se a ideia de um mero remake. A diretora responsável pela nova obra cinematográfica é Nia DaCosta como diretora. Peele e Win Rosenfeld ficaram, por sua vez, encarregados de elaborar o roteiro deste novo filme.

A obra original data de 1992, constituindo-se em uma adaptação de uma história de Clive Barker. No momento em que a estudante universitária Helen Lyle (Virginia Madsen) começa a desenvolver em uma tese a respeito de lendas urbanas, ela acha, por um acaso do destino, o conto de Candyman – que nada mais é do que um espírito vingativo de um escravo portador mãos de gancho que, segundo consta nas estórias, pode ser convocado ao se pronunciar seu nome por cinco vezes diante do espelho. Ao passo em que sua pesquisa acaba direcionando-a ao âmago dos projetos habitacionais pobres de Chicago e mergulha no mundo dos Candyman, Helen descobre então que o melhor a se fazer é deixar algumas lendas urbanas quietas, sem mexer com elas.

“Não podemos esperar pelo mundo para ver o que a combinação alucinante de Jordan, Win e Nia traz à lenda de Candyman”, falou o presidente do MGM Motion Picture Group, Jonathan Glickman, por meio de um comunicado. “Não só honram o assustador e brilhante material pertencente a Clive Barker, mas também é totalmente moderno e trará uma nova geração de fãs. ”

Nos anos posteriores ao lançamento de Candyman, teve início a demolição do projeto habitacional Cabrini-Green, com seu último edifício original sendo por fim destruído no ano de 2011. A área atualmente é recheada de condomínios de alto padrão, um desenvolvimento que o novo filme irá trazer isso para seu enrendo. A revista americana Variety fala que o novo filme “retorna à vizinhança onde a lenda começou: a seção agora valorizada de Chicago, onde ficavam os projetos habitacionais Cabrini-Green”.

A primeira experiência de Peele no gênero de terror foi com o indicado ao Oscar “Corra!” do de 2017, que se transformou em uma febre cultural e um sucesso de bilheteria. O cineasta permanece explorando as mazelas da sociedade com o reboot The Twilight Zone, que chegará ao canal CBS All Access em 2019,

“O original foi um filme marcante para representação negra no gênero de terror. Juntamente com Night of the Living Dead, Candyman foi uma grande inspiração para mim como cineasta – e ter um novo talento ousado como Nia no comando deste projeto é realmente emocionante “, Peele explicitou.” Estamos honrados em trazer o próximo capítulo no cânone Candyman para a vida e ansioso para fornecer novas audiências com um ponto de entrada para a lenda de Clive Barker”. Com informações do site Comic Book.

 

Colabore, deixe seu comentário logo abaixo!


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here