Top Stores

- Publicidade -

Ativista Rosa Laura celebra vitória após Pânico ser condenado pela justiça

Pânico é condenado a pagar R$ 40 mil em indenização a ativista não-binário

Top Stories Bolo de aveia com maçã: um quitute saboroso e saudável para oferecer a qualquer hora do dia

Rosa Laura foi um dos nomes mais comentados dos últimos dias, principalmente nesta quarta-feira (28). Isso devido ao fato de que o ativista transgênero utilizou as suas redes sociais para celebrar a vitória no processo movido contra o Programa Pânico.

Tudo começou quando o Pânico utilizou um vídeo de Rosa Laura no programa que fala sobre vivências da comunidade não-binária no Brasil. Nas gravações, os comandantes do programa fizeram chacota com as falas de Rosa Laura. Insatisfeito, o ativista moveu um processo contra o programa.

A condenação foi anunciada recentemente e, por meio dela, o Tribunal de Justiça de São Paulo ordenou que a Rádio Jovem Pan, responsável por sediar o Programa Pânico, pagasse R$ 40 mil de indenização para o ativista.

“A requerida [Jovem Pan] poderia, assim, exercer sua liberdade de expressão em apontar falhas na demanda da linguagem neutra e sustentar licitamente a manutenção da estrutura linguística em vigor. Sucede que não houve uma crítica regular. Houve uma exposição da pessoa do autor ao ridículo, imputando-lhe características que, historicamente, imputam-se a pessoas discriminadas: características relacionadas à objetificação (como se fosse uma coisa) e a uma suposta incapacidade mental deste”, diz a decisão que foi compartilhada pelo canal Uol.

Em seu Instagram, Rosa Laura celebrou a vitória e fez muitos vídeos. “Jovem Pan condenada por transfobia. Transfobia é crime. Se liguem que a gente tá indo para cima”, disparou, em uma das postagens realizadas.

Nos comentários, é possível encontrar muitos internautas aplaudindo as falas de Rosa Laura e, também, distribuindo muito amor pelo ativista. Confira agora mesmo as duas postagens, uma foto e um vídeo explicando sobre o assunto, realizadas no feed no Instagram pessoal de Rosa.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por @rosalaura_

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por @rosalaura_

Comentário da redatora

Com toda a certeza, o Programa Pânico precisa reavaliar toda a sua estrutura e princípios. Em pleno século 21, é inadmissível chacotas que ferem e machucam terceiros. Espero, de verdade, que a Jovem Pan tenha aprendido a lição com essa indenização. Quanto ao ativista transgênero Rosa Laura, desejamos todo o sucesso do mundo!

 

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News.
Comentários
Loading...