Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Está com o nome limpo no Serasa e no SPC mas não foi aprovado para comprar, qual o motivo?


Assistas aos melhores vídeos clicando aqui
Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

Atenção: Siga o Diário Prime no Google News e assine nosso Canal no You Tube!

Está com o nome limpo e nome não consta mais no Serasa nem do SPC, mas foi comprar em uma loja e o setor de análise de crédito disse que não pode comprar porque mesmo com o nome limpo ainda tem alguns débitos atreladas a ele? Pois bem, muitos pessoas já passaram por este constrangimento, no entanto existe um explicação para isso.

Está com o nome limpo mas não foi aprovado para comprar, qual o motivo?

Primeiramente, se o seu nome está limpo não teria como haver débitos atreladas a ele. Se já saiu do SPC e do Serasa, por que constaria esses débitos?  Isso no entanto não fica muito claro.

A supervisora da área técnica de assuntos financeiros Renata Reis explica que o que pode estar acontecendo é o ‘Cadastro de Passagem’. Segundo ela, quando o consumidor sai para fazer as pesquisas no comercio de um produto fica registrado no cadastro de passagem.

CPF-Nome Limpo/ Diário Prime
CPF-Nome Limpo/ Diário Prime

Leia ainda: Como limpar o nome com facilidade e sem sair de casa!

O que é o CADASTRO DE PASSAGEM?

O cadastro de passagem consiste em registrar e informar o número de consultas realizadas em relação a determinado consumidor que tenha procurado ou efetivamente realizado algum negócio. É um serviço disponibilizado por alguns serviços de proteção ao crédito em todo o País e a seus associados.

Segundo a especialista Renata quando a loja ver aquela quantidade de consulta relativos ao mesmo produto e a quantidade de cálculos, a loja fica com receio de vender o produto.

PROCON está lutando para que essas informações seja apenas de pesquisa

Segundo a especialista Renata o PROCON está buscando a solução para esse problema. Se não consta nada no SERASA ou no SPC, então que não fiquem ali atrelados ao cadastro do consumidor. Pois fica como se fosse uma informação desabonadora do consumidor quando na verdade se trata de uma pesquisa de preço.

Objetividade e clareza, condições impostas pelo Código de Defesa do Consumidor, não estão entre as práticas mais encontradas nos dados computados pelos cadastros de passagens. Por isso, é considerada ilegal pelo CDC. Procure os seus direitos e saiba como proceder.

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!