Barcelona FC lança criptomoeda e vai emitir €60 milhões em Tokens

0
1948
Lotofácil 1892: jogador de futebol fatura prêmio milionário na loteria
Lotofácil 1892: jogador de futebol fatura prêmio milionário na loteria

Após o Facebook anunciar sua própria criptomoeda, a Libra, foi a vez do Barcelona investir nas moedas digitais com a criação da Barça Fan Token. A moeda é resultado de uma parceria entre o clube e a Chiliz, empresa blockchain focada no engajamento de fãs. Por meio dela, será possível que os torcedores interajam com o time catalão e auxiliem na tomada de certas decisões. A previsão é que sejam emitidos 40 milhões de BARs, com custo de € 2 cada (cerca de R$ 10,00). O lançamento deve ocorrer apenas no segundo semestre de 2020.

A novidade introduz mais um uso para as criptomoedas, extremamente versáteis e cada vez mais relevantes no mercado. Já é possível, por meio do dinheiro digital, realizar transações, compras e apostas em plataformas online – ainda que nem sempre seja necessário pagar antes de apostar, afinal, existe uma extensa lista de sites seguros com bônus sem depósito que oferecem descontos e vantagens especiais para novos clientes .

Agora, com as moedas digitais, os torcedores do Barcelona também terão a oportunidade de interagir de maneira única com seu clube. Com isso, a equipe se torna a nona da primeira linha a emitir tokens junto à Chiliz. Paris Saint-Germain e a Juventus são dois dos clubes que já utilizam a tecnologia.

“Com mais de 300 milhões em todo o mundo, os fãs do Barça envolvem países e culturas. O clube é sem dúvida o mais conhecido e apoiado do planeta. Mal podemos esperar para ver seus torcedores começarem a influenciar nas decisões do clube”, declarou o CEO e fundador da empresa.

Já o Barcelona, em comunicado oficial, anunciou que a token BAR é uma maneira de aproximar ainda mais os torcedores de todo o mundo, criando “uma nova aliança global”.

“Essa nova aliança reforça o compromisso do Barcelona FC de procurar novos canais e formatos digitais para conectar e gerar engajamento com seu público global”, explicou o clube na nota lançada.

Dentre as decisões que contarão com a participação dos torcedores, está a escolha das músicas que serão tocadas nos estádios após um gol do clube. Além disso, a participação dos usuários também irá gerar recompensas.

Barcelona é o clube mais rico do mundo

O lançamento do “Barça Fan Token” acontece pouco tempo depois de o clube catalão se consagrar como o mais rico do mundo. Ao menos, é isso que aponta a consultoria inglesa Deloitte, responsável por conduzir o “Football Money League”, um estudo anual sobre o faturamento dos principais clubes do mundo. O resultado do ranking foi obtido a partir de uma análise da temporada 2018/2019, encerrada em junho do ano passado.

Essa foi a primeira vez em 23 edições da pesquisa que o Barcelona atinge o topo da lista, e com uma marca inédita: foram € 840,8 milhões (R$ 3,8 bilhões na cotação atual) arrecadados em receita. Anteriormente, a liderança estava com o seu principal rival, o Real Madrid, que dessa vez ficou em segundo lugar. Já na terceira colocação temos o Manchester United, o primeiro de três anos atrás.

Uma curiosidade é que a disparidade entre o faturamento do Barcelona e do Real Madrid, o primeiro e segundo colocados, respectivamente, foi a maior da história da pesquisa. O clube catalão conquistou € 83,5 milhões (cerca de R$ 385 milhões) a mais que seu adversário.

Para realizar o cálculo da receita total de cada clube, a Deloitte utilizou como base três elementos: o matchday (ingressos para a temporada e bilheteria); os direitos de transmissão (incluindo participações em ligas, copas e competições europeias); e o comercial (marketing, patrocínios e outros). Não fez parte da conta, portanto, os valores obtidos por meio de transferências de jogadores.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here