Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Unick Forex: negado pedido para soltar o presidente Leidimar Lopes


Leidmar Lopes, presidente, fundador e um dos nomes mais conhecidos da Unick Forex, está presa a quase dois meses por diversos crimes financeiros cometidos através da Unick.

Leidmar entrou na justiça com um pedido de habeas corpus, que prontamente foi negado. Assim, os problemas do ex-presidente da empresa, só crescem. Pois no dia 21 de novembro ele passou a ser réu no processo aberto contra ele e a Unick Forex no Ministério Público.

unick forex
(imagem: reprodução)

O pedido de soltura dos membros da Unick Forex

A defesa de Leidmar, o escritório Nelson Wilians Fratoni Rodrigues e associados, alegou para a juíza Laurita Hilário Vaz, que a prisão do seu cliente havia sido feita de forma ilegal. A Juíza no entanto, afirmou que não viu ilegalidade nenhuma na prisão do presidente da Unick Forex, negando em seguida o pedido.

Acrescentou ainda que a prisão de Leidmar, tem sim fundamentos e serve como garantia da ordem pública.

“Constituindo fundamentação cautelar idônea e suficiente para a prisão preventiva”, escreveu a juíza em resposta ao advogado da Unick.

De acordo com a defesa de Leidmar, a PF errou ao não aplicar medidas cautelares antes da prisão do seu cliente. Mas a juíza entendeu que se o mentor da Unick Forex fosse solto ele cometeria mais atividades ilícitas. Completou dizendo:

- Advertisement -

“De modo que seu afastamento preventivo é essencial para o êxito da investigação”, escreveu a ministra.

Leidmar é um perigo para as investigações

Outra observação feita pela juíza é que Leidmar lesou muitas pessoas e movimentou muito dinheiro, por isso não iria liberá-lo.

Outro ponto de argumentação para manter a prisão do Leidmar, foi o fato de todas as operações da empresa serem de forma online. Dessa forma era muito mais fácil para o acusado destruir provas.

escreveu a ministra, que detalhou:
“Com a negociação de moedas digitais e de valores mobiliários por meio de corretoras sediadas no exterior, indica a possibilidade de transferência por meio virtual antes mesmo de sua adequada identificação”.

Em outras palavras a ministra acredita se solto, Leidmar pode tanto acabar com provas, quanto movimentar possíveis valores ainda não descobertos pela polícia. Já que todas as transações da empresa eram feitas fora do país.

E conclui dizendo que não houve em nenhuma circunstância decisão absurda. Sendo assim, negou o pedido para soltar o presidente da Unick Forex.

Outro que se encontra em mesma situação é o Danter Silva. Entretanto o caso de Danter é um pouco diferente. Pois este já tinha um habeas corpus, por participação em outra pirâmide financeira, a D9 Club.

Veja Também: Unick Forex: Antigos líderes da empresa lançam nova Empresa


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!