Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mercado Bitcoin: Engenheiros recebem em Bitcoin para cometer crimes

Na Índia engenheiros clonam cartões e roubam dados e operam no mercado bitcoin


Umas das razões que as autoridades se preocupam com o mercado Bitcoin, é a forma como ele pode ser utilizado para realizar crimes e falcatruas. Afinal, toda a validação não está debaixo da supervisão de nenhum governo.

Assim, muitos criminosos utilizam a criptomoeda como forma de pagamento devido a sua dificuldade de ser rastreado. E foi o que aconteceu no crime cometido na Índia e descoberto no dia (15/11), onde criminoso pagavam engenheiros de software para ajuda-los a cometer crimes.

mercado bitcoin
(Imagem: Pexels)

A fraude do mercado Bitcoin

A fraude acontecia da seguinte forma:

Os criminosos modificaram as máquinas de saque de dinheiro, os famosos ATM, implantando nelas uma máquina que escaneava o cartão das vítimas clonando-as. Com máquina aparentemente modernas e localizadas em locais públicos, as vítimas nem imaginavam que estavam a cair em um golpe.

- Advertisement -

Assim, 2 máquinas foram apreendidas na sexta-feira, dia 15/11, em Mahipal Pur, Índia. Depois dessa apreensão da polícia local descobriu sobre posse dos ladrões de dados, mais de 300 cartões clonados, câmeras com scanner e uma arma de fogo.

Os negócios da dupla estavam em larga expansão e eles já praticavam o golpe em outros estados Indianos, como por exemplo, Orissa, Hayana, Uttar Pradesh.

A dupla que foi presa era o Krishna Gopal, 22 anos e Sumit Gola, 30 anos. No entanto ainda tem mais dois engenheiros envolvidos no golpe.

Depois de recolher os dados dos cartões, os criminosos precisavam agora quebrar a criptografia dos cartões para poder utilizá-los. É exatamente aí que entra o trabalho dos dois engenheiros da computação.

Afinal, somente os especialistas poderiam permitir o acesso às informações que os criminosos conseguiam. Como os dados estavam protegidos de forma criptografada, os criminosos não podiam acessar o conteúdo sem a ajuda dos engenheiros.

Pagamento dos engenheiros

O pagamento pelos serviços era geralmente realizado através do mercado bitcoin, mas em alguns casos também eram feitos através de contas bancárias. Pelo serviço, as autoridades descobriram que os engenheiros recebiam entre R$ 5,85 a R$ 702,50 para cada serviço prestado pelos dois homens que foram detidos. Ou ainda, a dupla pagava uma fração de 0.00016 a 0.020 (BTC), considerando a cotação atual para o Bitcoin.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!