Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Unick Forex: Contas URPAY bloqueadas e proibição de Pagamentos

Decisão judicial pede bloqueio das contas Urpay ligadas a Unick Forex


A Unick Forex, empresa que foi desarticulada pela polícia federal no dia 17 deste mês, deixou um rastro de dívidas pelo país. Segundo a polícia a empresa já chegou a movimentar 9 bilhões de reais.

Assim, para realizar os pagamentos aos seus clientes, empresa utilizava a plataforma URPAY. No entanto, quem entrou em sua conta da Urpay teve uma surpresa, uma mensagem da empresa comunicando a suspensão de todas as contas relacionadas a Unick Forex.

Urpay não pode pagar os clientes da Unick Forex

Quem entrou na sua conta da Urpay desde a última sexta feira dia 18/10, foram pegos de surpresa por uma mensagem de bloqueio. No entanto, muitos não sabiam qual o real motivo daquela mensagem e nem obtiveram respostas alguma por parte do suporte, o que deixou os clientes bastante insatisfeitos.

Mais tarde, a Urpay exibiu uma mensagem explicando o verdadeiro motivo do bloqueio das contas:

Prezado Cliente Na data de 18 de outubro de 2019, sua conta digital foi bloqueada provisoriamente conforme determinação da Sétima Vara Federal de Porto Alegre, Pedido Número 5064097-48.2019.4.04.7100/RS e Mandado Número 710009634859.

Assim, todos que utilizaram a Urpay para fazer transações com a Unick Forex, tiveram suas contas bloqueadas.

Então, segundo fontes, a PF foi até a sede da Urpay para identificar os valores com destino às contas dos líderes da Unick Forex. Essa medida tem o intuito de ressarcir com o dinheiro bloqueado, à clientes que foram lesados. A medida tem um prazo mínimo de 10 dias.

- Advertisement -

Unick Forex
Presidente da Unick Forex em novo Pronunciamento. (imagem: instagram)

Bloqueios anteriores

Essa não é a primeira vez que a justiça manda prender os bens da Urpay, que seriam direcionados a Unick Forex.

Assim, no dia 9/10 a justiça concedeu a 2 clientes da empresa, uma liminar favorável. Como resultado desta liminar, as contas da Unick Forex pela Urpay ficariam bloqueadas até o pagamento do valor da ação movida pelos clientes.

Desta forma, a primeira ação foi julgada na segunda-feira (9) pela juíza Mariana Dalla Bernardina, da 4° Vara Cível do Foro Regional VIII de Tatuapé (SP), tem a Unick Forex e o presidente da empresa Leidimar Lopes como réus.

“Defiro o arresto dos créditos de titularidade da requerida Unick Sociedade de Investimentos Ltda. CNPJ 19.047.764/0001-60, por ventura administrados pela terceira Urpay Tecnologia em Pagamentos Ltda (CNPJ: 26.463.227/0001-67), até o limite de R$ 3.700,00. ”

Já o segundo processo, que foi analisado pelo juiz Jorge Alberto Quadros de Carvalho Silva, da 3° Vara Cível do Foro Regional I de Santana (SP). O investidor moveu a ação contra a Unick e contra outras duas empresas: a Urpay e a Pronei Promotora de Negócios Ltda.

“Considerando a grande possibilidade de fraude e pirâmide financeira, a fim de resguardar a eficácia de eventual sentença condenatória, defiro a medida liminar, para determinar o arresto do valor indicado na petição inicial (fls. 12), nas contas mantidas pelas rés nas diversas instituições financeiras do país”.

Continue lendo: Unick Forex: Polícia Federal deflagra operação em cumprimento de 10 mandados de Prisão


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!