Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Bitcoin Hoje: China planeja repressão a mineração de criptomoeda Bitcoin na Mongólia


Organização regulamentadores da província autônoma chinesa da Mongólia emitiram um aviso exigindo uma limpeza das empresas de mineração de criptomoedas Bitcoin da província.

Segundo  a ChainNews, empresa de criptomoedas Bitcoin local, relatou em 14 de setembro, cinco departamentos da Mongólia determinaram a necessidade de retificar o setor de mineração na província. As organizações nomeadas foram a Comissão de Desenvolvimento e Reforma, o Departamento de Segurança Pública, o Escritório do Ministério da Indústria, o Escritório Financeiro e o Big Data Bureau.

bitcoin hoje
Imagem: Viktor Hanacek

Segundo o relatório, a posição dos Órgãos reguladores de criptomoedas Bitcoin é que:

“O setor de mineração de moeda virtual pertence à inovação pseudo-financeira não relacionada à economia real e não deve ser apoiada.”

O modo em que faze a abordagem regulatória da China para a mineração de criptomoedas tem sido um tanto inconsistente, deixando claro o que esse aviso recente significa para as mineradoras que operam na Mongólia.

- Advertisement -

Segundo um tweet reagindo ao relatório da ChainNews, o parceiro da Primitive Ventures e o comentarista de criptomoedas Dovey Wan escreveu nele: “Duvido que isso tenha algum impacto”.

No final de maio, a China era responsável por 70% da mineração global de Bitcoin. Na época, surgiram relatos de que os reguladores chineses estavam investigando operações ilegais de mineração em Sichuan – uma província responsável por 70% da mineração de Bitcoin da ChinaBTC graças à geração de eletricidade da bacia do rio Dadu que é bem mais em conta.

Leia também: Bobby Lee garante que Bitcoin chegará a 200 mil dólares

Possível proibição de mineração de Bitcoin

Em abril, o Cointelegraph (site de noticias de criptomoedas Americano) informou que a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma da China estava considerando uma proibição de mineração de criptomoedas Bitcoin em todo o país.

A proibição provisória que ainda não está valendo levou à especulação de que a mineração seria forçada a deixar o país ou ir para as cavernas aonde tem muitas mineradoras por ser mais frio o ambiente permitindo um baixo custo de eletricidade, uma proposta preocupante para o país que abriga a maior parte do poder de hash do mundo. Até o momento, essa proibição não entrou em vigor.

É não é de hoje que China vem apertando o cerco, depois da guerra decretada de comercio com os EUA que aumentou as taxas de importações de todos os produtos da China para ficar mais caros, porem só o futuro vai dizer, se essa proibição entra em vigor, e se vai prejudicar o criptomercado Bitcoin, embora muitos falem que isso não terá grande impacto.

 


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!