BTC / BRL
10.112,71
1.16%
(-119.15)
ETH / BRL
218,34
0.06%
(-0.14)
XRP / BRL
0,29
0.82%
(-0)
LTC / BRL
74,45
0.91%
(-0.68)
EOS / BRL
4,02
2.27%
(+0.09)
BCH / BRL
314,24
1.22%
(-3.87)
ADA / BRL
0,05
2.63%
(0)
XLM / BRL
0,07
5.35%
(-0)
NEO / BRL
9,63
0.41%
(+0.04)
XEM / BRL
0,05
0.66%
(0)
DASH / BRL
95,94
2.47%
(-2.43)
USDT / BRL
1,00
0.1%
(-0)
BNB / BRL
21,31
0.91%
(+0.19)
QTUM / BRL
2,21
0.7%
(+0.02)
XVG / BRL
0,00
2.27%
(0)
ONT / BRL
0,83
3.54%
(+0.03)
ZEC / BRL
49,27
0.71%
(-0.35)
STEEM / BRL
0,17
1.61%
(0)

Mercado BTC: Mercado Livre deixa claro que não irá proibir venda de Bitcoin

Mercado Livre esclarece mal-entendido circulado sobre suposta proibição da venda de Bitcoin em sua plataforma.


A empresa Mercado Livre declarou que não acabará com o mercado BTC, que já é uma realidade em suas páginas. Contudo uma mudança na forma de comercializar essa moeda no site da empresa pausou grande repercussão na internet. Mas a empresa declarou que tudo não passou de um mal-entendido.

Com as novas regras de comercialização a empresa se alia com uma a Ripio, exchange que atua no mercado de BTC possibilitando a compra e venda da criptomoeda. A Ripio que foi fundada em 2014 e tem o seu país de origem a Argentina, mesmo país de origem do Mercado Livre.

mercado BTC
Mercado Livre esclarece mal-entendido sobre atuação no mercado BTC.

Mercado BTC no Mercado Livre

A empresa Mercado Livre lançou em março deste ano um comunicado referente ao mercado BTC e com isso muitas pessoas que comercializavam criptomoedas ou que tinha algo relacionado a isso, estavam de cabelos em pé. Afinal a notícia era que o Mercado Livre havia banido o mercado BTC das suas plataformas.

Assim surgiram algumas especulações de que a decisão teria sido tomada por conta de um investimento da PayPal de 750 milhões de dólares.

No entanto a empresa declarou que nada disso aconteceria e que tudo não passou de um mal-entendido.

A empresa declarou que apenas as regras de comercialização iriam mudar.

O Mercado Livre declarou que a partir do dia 19 março, os anúncios que estão com o status de “usado” serão cancelados e apenas os com status de “novo” poderão ser comercializados. O Mercado Livre não explicou os motivos da mudança.

- Advertisement -

Mercado Livre e a Ripio

O Mercado Livre se posicionou de forma ainda mais decidida no mercado BTC. A empresa fechou uma parceria com a empresa argentina chamada Ripio, um startup que oferece serviços de carteira digital.

Assim será possível que os clientes que utilizem o Mercado Pago, que é uma plataforma do Mercado Livre, comprem as moedas digitais através da carteira Ripio, utilizando o saldo em conta no Mercado Pago. Essa estratégia antes de ser implantada aqui no Brasil, já foi testada e com sucesso na Argentina.

A Rípio opera em outros 3 países, Argentina, México e Colômbia. Segundo a assessoria da Ripio,a empresa disse que trabalha para facilitar a vida dos seus clientes.

Veja também: Mercado BTC: Ataques cibernéticos promovido pela Coreia do Norte fragiliza as Criptomoedas

Quem é o Mercado Livre

A Mercado Livre é uma empresa argentina de tecnologia de comércio eletrônico para que pessoas comuns possam comprar, vender, pagar, anunciar e enviar produtos através da internet.

A empresa opera em 19 países e mais de 4 mil funcionários. Sendo assim, é o site de compras e vendas mais popular da América Latina.

A empresa opera em diversos países da América Latina, como por exemplo:

  • Argentina;
  • Bolívia;
  • Brasil;
  • Chile;
  • Colômbia;
  • Costa Rica;
  • Equador;
  • El Salvador;
  • Guatemala;
  • Honduras;
  • México;
  • Nicarágua;
  • Panamá;
  • Paraguai;
  • Peru;
  • República Dominicana;
  • Uruguai;
  • Venezuela.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!