Dário Prime / dbol
Art is not a luxury, but a necessity.

Concurso público para diplomata no Instituto Rio Branco


O Ministério das Relações Exteriores-MRE publicou o edital nº 1/2019. Por meio dele, estabelece as normas para o concurso de admissão à carreira de Diplomata de 2019. Com efeito, serão 20 vagas na classe inicial de Terceiro-Secretário. De acordo com o edital, 15 vagas são para livre concorrência, 4 para negros e 1 para pessoa com deficiência. A remuneração inicial no Brasil para os selecionados e efetivados é de R$ 19.199,06, valor bruto.O concurso público de Diplomata estará sob os cuidados do Instituto Rio Branco. Porém, de maneira inédita na história,  terá o auxílio de uma prestadora, o Instituto Americano de Desenvolvimento – IADES.

O aprovado no concurso público de Diplomata terá funções diversas. Deverá, com efeito, atuar em atividades de natureza diplomática e consular.Além disso, sua atuação deverá se nortear nos aspectos específicos de representação, negociação, informação e proteção de interesses internacionais brasileiros. Para concorrer, o candidato precisar ter diploma de nível superior em qualquer área. Outrossim, deverá ser brasileiro nato, estar no gozo dos direitos políticos e em dia com as obrigações militares, quando for o caso. Deve também estar em dia com as obrigações eleitorais.

Inscrições

Siga o Diário Prime no Google News. Receba de graça os melhores conteúdos, Loterias, Futebol ao Vivo, Finanças, em primeira mão.

Conforme o edital, as inscrições deverão ser feitas online, pelo site da IADES. Com relação ao prazo, ele compreende o período entre as 8h de 17 de julho e 23h59min de 12 de agosto de 2019. Com efeito, para se inscrever no concurso público é necessário pagar a taxa no valor de R$ 208,00.

Crédito da imagem: reprodução flickr / concurso público

Concurso público diplomata: provas

O concurso público de Diplomata é organizado em duas fases. Na primeira, há prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório. Nela, há questões sobre língua portuguesa, língua inglesa, história do Brasil e história mundial. Além disso, há questões de política internacional, geografia, economia, direito e direito internacional público. Na segunda, há provas dissertativas. Além de alguns conteúdos idênticos aos da fase anterior, há alguns outros. São eles política internacional, economia, direito, direito internacional público, língua espanhola e língua francesa. Por fim, a prova objetiva da será aplicada nas capitais dos 26 estados e no Distrito Federal. A data provável é 8 de setembro.

  • Mais informações, edital e inscrições aqui.

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Últimas Publicações

comentários
Loading...