Dário Prime / dbol
Art is not a luxury, but a necessity.

Netflix lança trailer de Democracia em Vertigem


Nesta quarta-feira (05) foi lançado o primeiro trailer do novo longa brasileiro que estreará na Netflix em 19 de junho. Após tramas e o próprio colapso no cenário político brasileiro, a cineasta Petra Costa produz o documentário “Democracia em Vertigem”. Neste documentário a cineasta, das aclamadas obras “Elena” e “O Olmo e a Gaivota”, traz toda uma análise do atual cenário político-social brasileiro.

Primeiramente ele mostra o processo de impeachment de Dilma Rousseff, da qual ela coloca em perspectiva a sua própria história pessoal. Além disso, mostra também a ascensão e queda do Partido dos Trabalhadores, PT. Posteriormente aborda o aparecimento da figura de Jair Bolsonaro e sua emergência ao governo.

Esta é a segunda obra que a Netflix disponibiliza que trata do atual e recente momento político brasileiro. Anteriormente, foi lançada a série “O Mecanismo”, dirigido por Maria Augusta Ramos. Essa obra também aborda a crise política no Brasil desde 2013. Inegavelmente foi um sucesso, já que teve destaque em vários festivais internacionais, incluindo Berlim.

Veja o trailer de Democracia em Vertigem da Netflix

Assista ao vídeo que foi disponibilizado no canal do Youtube da Netflix:

“Eu e a democracia brasileira temos quase a mesma idade. Eu achava que nos nossos 30 e poucos anos, estaríamos pisando em terra firme. Eu tinha 19 anos quando o Lula foi eleito. Me lembro da euforia. Parecia um grande passo para a nossa democracia”, diz a narração de Petra Costa ao começo do vídeo.

“Uma presidente destituída, um presidente preso… Nossa democracia está desmoronando.”

“Eu temo que a nossa democracia tenha sido apenas um sonho efêmero”, completa a narração da cineasta ao final do trailer que foi divulgado pela Netflix.

A diretora Petra se usufrui do envolvimento de sua família em setores políticos para poder falar com profundidade sobre os assuntos mencionados. Afinal, seu acesso ao setor político lhe garante propriedade para transmitir fatos acontecidos e explorar a crise instalada no país.

Neste documentário ela aborda o tema de uma forma pessoal chamando a atenção sobre a “bipolaridade da população brasileira”, quais os principais motivos do descontentamento da população e o que foi um real divisor idealista do público votante.

Recepção da crítica especializada

A estreia do documentário foi feita no Festival Sundance nos Estados Unidos. Após isso surgiram várias críticas favoráveis à obra. Uma delas pelo portal americano Indie Wire, elogiando a produção da diretora e outro no portal americano The New York Times, que basicamente disse ser uma produção vital para ser conferida. Assim sendo, a Netflix decidiu adiciona-la em seu catálogo.

Veja também: Netflix veja os grandes lançamentos de junho


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Últimas Publicações

comentários
Loading...