Dário Prime / dbol
Art is not a luxury, but a necessity.

Dólar Hoje: moeda opera em queda nessa terça-feira (04/06)

Expectativa de queda de juros nos Estados Unidos e otimismo no cenário interno colaboram para a queda do dólar hoje!


O dólar abriu o dia de hoje (04/06) em queda, chegando a ser cotado em R$ 3,8576 na mínima do dia. Ás 13h49 a moeda norte-americana era negociada na venda por R$ 3,8636. Nesse sentido, um dos fatos que derrubou o preço foi a expectativa de investidores em relação à queda de juros nos EUA.

Eles esperam que o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, sinalize corte de juros nos Estados Unidos. Há também bastante otimismo na política interna brasileira. Ontem o dólar já havia aberto o mês com baixa de 0,95%, sendo vendido a R$ 3,8873. Essa foi a menor cotação desde o dia 15 de Abril, ocasião em que a moeda fechou o dia em R$ 3,8686.

Cotação em tempo real, com atualização de 15 minutos:

Siga o Diário Prime no Google News. Receba de graça os melhores conteúdos, Loterias, Futebol ao Vivo, Finanças, em primeira mão.
  • Leia mais:

A economia brasileira vive uma depressão? Confira nossa análise

Dólar Hoje: moeda cai 0,9% nessa segunda-feira (03/06)

Dólar Hoje: mercado de olho nos juros dos EUA

Nessa terça-feira (04) o cenário doméstico fica relegado à segundo plano. Essa é a visão da agência Reuters, que vê nos investidores a expectativa sobre os juros norte americanos. Eles aguardam, dessa forma, uma fala de Powell que sinalize a queda. Isso ocorre, todavia, porque houve recentes declarações de outras autoridades monetárias que sinalizam o momento de cortar os juros nos EUA.

Segundo o presidente do Federal Reserve de St. Louis, James Bullard, um corte nos juros pode ser justificado. Para, ele o aumento do risco do crescimento econômico e à fraca inflação dos EUA são fatores que justificam o corte. Para os operadores, dessa maneira, há 98% de chance do FED cortar os juros em dezembro.

Segundo o sócio-fundador do Grupo Laatus, Jefferson Laatus, o mercado aguarda a fala de Powell. “O pessoal quer ouvir o Powell falar para ver se ele está alinhado com discursos de outros membros da Fomc. Se ele falar que tem pensado nisso, muita coisa vai mudar”. Ainda segundo Laatus, uma sinalização nesse sentido ajudaria a valorizar o real. Isso porque, as moedas emergentes são beneficiadas pelo corte de juros norte-americanos.

Mercado interno

No Brasil, entretanto, o sentimento segue otimista. A aprovação de medidas importantes no Congresso, como a MP 871, aprovada no Senado ontem, fortaleceu ainda mais esse sentimento. A MP visa combater fraudes no INSS, gerando economia para os cofres públicos.

O ministro da economia, Paulo Guedes, participará de uma audiência pública na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados. Uma das principais pautas, são os impactos econômicos e financeiros da reforma da previdência.

Desse modo, o dólar hoje segue sua trajetória de queda. Diante de tais expectativas, contudo, a semana deverá apresentar uma queda acentuada da moeda.

 

 

 

 

 

 

 


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Últimas Publicações

comentários
Loading...