Dário Prime / dbol
Art is not a luxury, but a necessity.

Dólar hoje (12/06) teve ligeira alta e a Bovespa em modo espreita


O dólar hoje voltou a subir, fechando o dia em alta de 0,47%, sendo cotado na venda à R$ 3,869. O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, caiu 0,65%, fechando o dia em 98.312,21 pontos na venda. Um dos fatores fundamentais para a queda da bolsa hoje, foram os acontecimentos no exterior.

Durante o dia evoluíram os temores em relação à guerra comercial entre Estados Unidos e China. Mercados do mundo todo foram puxados para baixo. Desse modo, o otimismo de investidores em relação ao cenário interno ficou ofuscado, fazendo com que o dólar hoje voltasse a se valorizar.

Dólar Hoje: Tensão cresce entre EUA x China

Siga o Diário Prime no Google News. Receba de graça os melhores conteúdos, Loterias, Futebol ao Vivo, Finanças, em primeira mão.

As tensões comerciais entre as duas maiores potencias mundiais voltaram a crescer na tarde dessa quarta-feira (12/06), afetando diretamente a cotação do dólar hoje. O Presidente Donald Trump, afirmou que não tem interesse em avançar com as negociações. Contudo, caso os chineses concordem em fazer um “grande acordo” ele estará disposto a avançar na conversa.

Os dois países, no decorrer das últimas semanas criaram aumentos tarifários sobre produtos negociados entre si. Dessa forma, poderá ocorrer impactos negativos nas exportações do mundo todo. A falta de acordo entre as duas maiores potencias comerciais têm deixado o mercado mundial instável. Um enfraquecimento da economia mundial deixaria o Brasil em uma situação ainda mais difícil.

Mercado interno continua otimista

Se no exterior o dia foi voltado para o aumento de tensões, impactando no valor do dólar hoje, no Brasil o otimismo continua. Isso porque, houve sinais de destravamento da agenda econômica entre o governo federal e o Congresso. Assim sendo, houve um aumento da expectativa de que a Reforma da Previdência será aprovada.

Hoje também, o ministro da economia Paulo Guedes, disse que os Bancos Públicos passarão a devolver R$ 86,5 bilhões ao Tesouro Nacional. Esse dinheiro será utilizado para o abatimento da dívida pública, melhorando assim, a relação dívida PIB.

Ontem, foi liberado pelo congresso R$ 248,9 bilhões para o governo pagar a sua despesa corrente. Desse modo, contornou a chamada “Regra de Ouro”. Caso a medida não fosse aprovada, o governo ficaria sem recursos para pagar salários, aposentadorias e bolsa família. Contudo, apesar do otimismo interno, o dólar hoje voltou a crescer com investidores de olho no exterior.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Últimas Publicações

comentários
Loading...