Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Malafaia usa redes sociais para detonar Caetano Veloso e General Mourão

O pastor Silas Malafaia tem usado suas redes sociais para provocar um dos maiores cantores de MPB do Brasil, Caetano Veloso e, também, o vice-presidente da república, General Hamilton Mourão.

Repercutindo a tragédia de Brumadinho (MG), que matou e deixou centenas de pessoas desaparecidas, o pastor, por meio de seu perfil no Twitter, alfinetou: “Alô, Caetano? Alô, Gil? Alô, Chico? Alô, Daniela? Vocês fazem shows beneficentes para Brumadinho ou só para libertar bandido?”.

O post, que recebeu mais de 7 mil interações entre RT’s e curtidas, foi respondido pelo próprio Caetano Veloso que se defendeu.

Em resposta direta à mensagem, o cantor baiano foi categórico: “Não entendemos, pastor! Show pra libertar bandido? Nota-se sua má fé com mais uma ‘fake-news’. Em 2015, Caetano Veloso e outros artistas como Criolo e Jota Quest se uniram para ajudar vitimas da tragédia em Mariana/MG, com toda renda arrecadada do show revertida em doações. Colocamos nossa arte a disposição para valorização de uma sociedade justa e humana. O que você quis dizer com essa falsa informação?”, rebateu Caetano.

Nesta sexta-feira (1), foi a vez do vice-presidente General Mourão receber críticas do pastor Malafaia. Após as polêmicas declarações do vice Mourão sobre “mulher ter direito ao aborto” e pela não mudança da embaixada brasileira para Jerusalém, o pastor Silas Malafaia se manifestou e detonou a postura do general. “Vergonha” disse Malafaia.

Em entrevista ao O Globo, Mourão falou de diversos assuntos, muitos deles espinhosos para a posição conservadora de Bolsonaro, e mostrou sua “resiliência de militar” para explicar seu trânsito em áreas sensíveis ao capitão da reserva.

Pastor Silas Malafaia
Pastor Silas Malafaia

O presidente Bolsonaro tem o estilo dele, característico. Ele construiu uma vida política de 30 anos em cima disso aí. É totalmente diferente de mim. Eu tive uma vida dentro do Exército, ocupei funções que me exigiram lidar com uma gama de pessoas totalmente distintas, comandei muita gente, então me leva a ter um estilo diferente de lidar”, disse.

Continue lendo…

Silas Malafaia ainda disparou contra Mourão e disse que “se não quer ajudar, pelo menos, não atrapalhe“, referindo-se ao fato de ter falado muito e ultrapassado o seu papel institucional.

Finalizando suas críticas à entrevista do vice-presidente, Malafaia lembrou ainda que o aborto é sim questão de saúde pública e que em hipótese alguma liberá-lo seria benéfico à sociedade.

Leave A Reply

Your email address will not be published.