Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Renault Captur: Por que o modelo francês não vende tanto?

Quando o Renault Captur foi lançado, muitos acreditavam que o carro iria aposentar o “irmão mais velho” Duster. Entretanto, o tempo passou e atualmente as vendas não estão altas, ficando próximas ao Duster. As razões podem ser muitas, confira algumas que podem explicar os baixos números.

Renault Captur: Por que o modelo francês não vende tanto?
Renault Captur: Por que o modelo francês não vende tanto?

Renault Captur: Por que não vende tanto?

Em resumo, no primeiro semestre de 2018 o Renault Captur vendeu apenas 13.783 unidades, o que não é um número alto. A proposta da montadora francesa era que o veículo estivesse entre os primeiros colocados nas vendas.

Muitos fatores influenciam e devem ser analisados corretamente. Confira as três razões que fazem com que o Captur não venda tanto.

Veja também: Tabela Fipe: Renault Kwid reestilizado será revelado em setembro

Concorrentes de peso

A vida não é fácil para ninguém e, embora seja o segundo mais vendido, a realidade é que os modelos SUV’s têm muitos veículos.

O principal é citar que as alternativas são muitas e a briga é dura porque todos querem surfar nessa onda. Dessa maneira, confira a seguir mais sobre os concorrentes do Renault Captur e a quantidade vendida:

  1. Jeep Renegade – 33.048 unidades
  2. Jeep Compass – 28.033 unidades
  3. Nissan Kicks – 25.826 unidades
  4. Hyundai Creta – 24.247 unidades
  5. Honda HR-V – 23.696 unidades
  6. Ford Ecosport – 15.433 unidades
  7. Renault Captur – 13.783 unidades

O mais interessante é que o 8° colocado é justamente o Duster com a venda de 13.012 unidades. A diferença entre o Renault Captur e o seu “irmão mais velho” é de apenas 771 unidades. Ou seja, está bem perto.

Além disso, os concorrentes estão bem à frente e a tendência é que continuem assim.

Acabamento contendo muito plástico, tanque de partida a frio e ausência da direção elétrica

Quem comprar o Renault Captur não terá a direção elétrica, mas se optar pelo Kwid a resposta será outra.

Mas ainda existem outros pontos negativos. O tanque de partida a frio, por exemplo, não existe nos veículos que estão na frente do Captur na lista de vendas.

O excesso de plástico no acabamento interno é outra característica que causa barulhos e os clientes não gostam.

Preconceito contra carro francês

Ainda existe muito preconceito contra carros franceses e com a Renault, infelizmente, ainda dá para sentir esse feito.

Embora a montadora tenha melhorado, a realidade é que muitos ainda pensam assim e isso afeta as vendas do Renault Captur.

Leia também: Carro francês desvaloriza muito? Estudo mostra o contrário

Comments
Loading...