Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Entrevista: Nelson Piquet revela mitos e verdades da carreira

O ex-piloto de Fórmula 1 Nelson Piquet comemorou recentemente 67 anos de muitas histórias para contar. Em comemoração ao aniversário, a lenda concedeu uma entrevista na qual revelou mitos e verdades da carreira.

A fama é de falastrão e de provocador nato, mas por trás dessa face existe a de alguém que revolucionou o esporte. Reabastecimento nas corridas, suspensão ativa e regulagem interna do carro foram criações dele.

Nelson Piquet é conhecido mundialmente por revolucionar o esporte e participar ativamente do processo de desenvolvimento do carro.

Nelson Piquet revela mitos e verdades da carreira
Nelson Piquet revela mitos e verdades da carreira

 

Piquet desmente e confirma verdades e mitos de carreira

A entrevista foi concedida ao repórter Felipe Mota na sua garagem, em Brasília, local onde Piquet diz fazer terapia. As suas manhãs são sempre lá e Nelson monta motores, prepara e usa a maioria dos carros disponíveis no espaço.

Capacete

Esse é um item de segurança obrigatório para o piloto e o de Nelson Piquet é conhecido no mundo todo. Entretanto, a história é diferente do que todos conhecem e foi muito mais obra do acaso, do que algo pensado.

Piquet diz: “Eu tinha um capacete branco, quando começou a moda de pinturas e mandei para um amigo meu de Brasília”. “Ele me mandou com três gotas, uma virada para trás e duas para frente, e no meio da gota, uma lista preta”, completa.

“Comecei a correr e meu pai não poderia saber, então usei o nome da minha mãe e ainda escrito errado (Piket). Depois, eu mesmo que pintava e escolhia a cor errada. Do laranja virou vermelho, da faixa preta virou vermelha, sempre por acaso”, revela Nelson.

Veja ainda: BMW Z4 M40i chega ao mercado brasileiro a partir de R$384.950 – Tabela Fipe

Veto a Autor Senna na equipe Brabham

Nelson Piquet pilotou para a Brabham de 1978 a 1985 e ganhou dois títulos mundiais pela equipe, em 1981 e 1983. No entanto, em 1984, Ayrton Senna, fez alguns testes na equipe e muitos falaram que Piquet o teria vetado.

Entretanto, na entrevista, “Nelsão” diz que não e argumenta: “Não vetei. A Parmalat não queria dois brasileiros na mesma equipe. Eles gostariam de um brasileiro e um italiano, e por isso optaram pelo Riccardo Patrese”, explica.

Piquet inventor

Conforme citado acima, cobertores elétricos que envolvem os pneus foram ideia de Nelson Piquet. Conferir a história é interessante e indica como a atenção nos pequenos detalhes faz uma diferença muito grande.

Piquet explica: “Fui correr na Inglaterra em 1978 (pela F3 Britânica) com muito frio. O carro ficava estacionado na grama. Por uma questão de horário, o carro saia de lá, alinhava no grid e largava. Perdi uma corrida por não ter esquentado o carro direito e nós bolamos uma tenda que ficava acima do carro com um ‘esquentador’ de casas – que hoje é até proibido por causa do querosene”.

“Com o carro a quase 50 graus, alinhei e logo na primeira volta eu já estava três segundos à frente, depois seis, não fiz a pole position, não fiz a melhor volta, mas ganhei com 10 segundos de vantagem”, afirmou.

Assistir uma corrida de Fórmula 1 é conferir que a maioria das invenções de Nelson Piquet prosseguem até os dias de hoje.

Leia ainda: Mercedes-Benz revela Classe A e Classe B híbridos – Tabela Fipe

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!