Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Manutenção: Quando se deve trocar o óleo de câmbio?

Trocar o óleo de câmbio é um serviço muito importante e que deve ser feito, assim como a troca do líquido do motor. A função primordial é simples e trata-se de conseguir reduzir o atrito e preservar as peças móveis desse desgaste. Contudo, existem pontos que devem ser analisados. Confira.

Manutenção: Quando se deve trocar o óleo de câmbio?
Manutenção: Quando se deve trocar o óleo de câmbio?

Trocar o óleo de câmbio: Pontos a serem analisados

Em primeiro lugar, é fundamental entender que trocar o óleo de câmbio será primordial para que o sistema funcione melhor. A quilometragem depende muito do modelo e ler o manual de instruções é a melhor opção.

Vale lembrar que alguns veículos nem exigem a troca e, mais uma vez, é necessário analisar cada caso.

A proposta do texto é trabalhar nessa frente e conseguir oferecer um caminho para resolver os problemas.

Dessa forma, a ideia é mostrar os câmbios manuais, automatizados e automáticos, com informações válidas. Sendo assim, veja todas as especificações e o que precisa ser feito para efetuar a troca.

Veja ainda: Está na hora de fazer manutenção na suspensão do carro? Confira os sinais

Câmbio manual

Em via de regra, os veículos manuais não precisam trocar o óleo de câmbio e funciona durante toda a vida útil desse sistema.

A “mágica” por trás disso é simples: os lubrificantes contam com tecnologia suficiente para durar por muito tempo.

As trocas devem ser substituídas se acontecer algum tipo de vazamento ou se precisar de reparo. Mais uma vez, o ideal é ler o manual e verificar periodicamente o nível do lubrificante, evitando maiores problemas.

Automatizadas

Em resumo, as caixas automatizadas usam o mesmo sistema de embreagem e as engrenagens manuais. Entretanto, é acionada por atuadores elétricos ou eletro-hidráulicos e o procedimento é o mesmo.

Para os de dupla embreagem, são imersas em óleo e podem demandar trocas mais periódicas.

O motivo é que pode existir contaminação por conta desse atrito e o principal é seguir as recomendações desse fabricante.

Automáticos

Os carros automáticos podem demandar a substituição periódica desse óleo. Embora os intervalos sejam maiores, a realidade é que será preciso efetuar as trocas pelas seguintes razões:

  • A transmissão automática usa discos de fricção imersos em óleo;
  • Conta também com conversor de torque;
  • O óleo será utilizado no seu interior.

O atrito por escorregamento pode vir a provocar a contaminação do óleo por esses fragmentos, daí vem a necessidade de substituição.

Para trocar o óleo de câmbio automático é preciso ter atenção ao tipo de lubrificante e à construção do câmbio. Por isso, o principal é seguir o manual do veículo.

Leia mais: Como cuidar do câmbio automático em 5 passos

Comments
Loading...