Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Conheça o Run Flat, pneu que roda até 100 km furado e dispensa o uso de estepe

Imagine que você está dirigindo tranquilamente e, de repente, nota que seu carro passou por parafusos, pregos ou algum tipo de material cortante. Preocupante, não? Mas calma. Com os pneus Run Flat nem tudo pode estar perdido.

Ele permite que o carro continue rodando normalmente por um período após um furo ou corte na banda de rodagem – deixando a parte interna totalmente sem ar. Confira detalhes.

Conheça o Run Flat, pneu que roda até 100 km furado e dispensa o uso de estepe
Conheça o Run Flat, pneu que roda até 100 km furado e dispensa o uso de estepe

Composição de um pneu Run Flat

Esta modalidade de pneu possui a composição interna bastante resistente. Todas as paredes laterais tem o reforço redobrado. Isso promove maior resistência e estabilidade para o carro em situações inusitadas. Mesmo que furado ou estourado, o pneu dá uma autonomia para o veículo rodar de 80 a 100 quilômetros de distância a 60 e 80 km/h.

Contudo, essa média pode variar. Isso porque o modelo do carro e a medida do mesmo influenciam na quilometragem do pneu quando afetado. Deve-se sempre verificar o manual do veículo, a fim de confirmar as informações cedidas pela fabricante.

Veja ainda: Qual a importância de fazer a calibragem dos pneus corretamente?

Manutenção simples

Assim como um outro pneu qualquer, o Run Flat precisa passar por manutenção, a fim de checar o desempenho. Deve-se sempre fazer o alinhamento e balanceamento a cada dez mil quilômetros rodados.

A calibragem deve ser feita sempre com o percentual que informa o manual do veículo. Algumas medidas quando seguidas corretamente influenciam diretamente na longa durabilidade do item.

A fim de prolongar o tempo de vida do pneu, algumas pessoas costumam aplicar cremes hidratantes e/ou pomadas especiais no pneu. Isso é um procedimento ERRADO, e não deve ser feito de forma aleatória. Existem produtos que ao invés de tratar a borracha acabam prejudicando. Eles podem ressecar o material, deixando-o mais frágil, ocasionando um desgaste mais rápido.

Termo Run Flat

Traduzindo para o português de uma forma direta, o termo significa “pneus que podem rodar vazios“. Ele foi criado na década de 1930, época onde era comum as câmaras de ar estourarem com maior facilidade, trazendo dor de cabeça àqueles que tinham carros, charretes e bicicletas.

Essa tecnologia do pneu Run flat surgiu para substituir a câmara de ar, que estourava rapidamente, para proporcionar uma maior comodidade para o motorista e os demais ocupantes, bem como a prevenção de acidentes.

Continue lendo: Vai trocar os pneus? Veja 5 maneiras mais eficazes de escolher o melhor para o seu carro

Comments
Loading...