Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Carro elétrico ou carro híbrido: veja as principais diferenças

Quando comparado aos convencionais, o carro elétrico e o carro híbrido economizam combustível e reduzem a poluição. No entanto, é preciso estar por dentro de tudo que diz respeito a esses modelos antes de fazer a escolha que pode comprometer a praticidade que o motorista precisa em seu dia a dia.

Carro elétrico ou carro híbrido: veja as principais diferenças
Carro elétrico ou carro híbrido: veja as principais diferenças

Veja agora quais as diferenças entre o carro híbrido e o carro elétrico

Carros híbridos

O carro híbrido combina duas fontes de energia: motor elétrico e motor à combustão (gasolina).

Assim, as duas fontes funcionam juntas ou individualmente, coordenadas através de um sistema inteligente. Toda a troca ocorre automaticamente sem que o motorista sequer perceba.

Dessa forma, o motor à gasolina auxilia na recarga da bateria de alta tensão que mantém o motor elétrico carregado, assim como o sistema de freios regenerativos. Isso restaura a energia que é perdida durante a frenagem para carregar a bateria de alta tensão.

A grande vantagem em relação ao carro elétrico é que o híbrido dispensa as estações de recarga. Ou seja, não é preciso que o carro fique carregando na tomada.

No entanto, com relação à manutenção, ele tem o custo médio de um carro convencional.

Apesar disso, durante o congestionamento o carro híbrido se torna mais vantajoso quando se trafega utilizando apenas o motor elétrico, já que as baterias são recarregadas a cada frenagem.

Veja ainda: Como fazer a manutenção elétrica preventiva do automóvel

Carros elétricos

Este tipo de automóvel não tem motor à combustão. Ou seja, não utiliza nem uma única gota de combustível.

Então, toda a locomoção do automóvel é feita a partir da bateria do carro que precisa estar carregada. Por isso, o nível de emissões é zero. Aliás, o carro não possui nem sistema de escapamento.

Isso porque, em vez de motores de combustão interna, baterias elétricas de alta tensão formam o motor a partir do qual todo o carro funcionará.

No entanto, é preciso estar alerta quanto às desvantagens do carro elétrico. Afinal, ele ainda se encontra fora da realidade brasileira em alguns aspectos, pelo menos por enquanto.

Desvantagens do carro elétrico

O primeiro deles é a alto custo de aquisição em razão dele ser um modelo fabricado em série e não em grande escala.

Outra desvantagem que ainda inviabiliza a compra destes modelos no Brasil é a baixíssima disponibilidade de carregadores elétricos.

Além disso, a cada recarga que dura de 6 a 8 horas, o carro ganha uma autonomia de 300 km. Ou seja, para viagens longas o carro elétrico pode apresentar dificuldades e acabar ficando de “pane elétrica”.

Dessa forma, entre um modelo híbrido e um carro elétrico, o mais recomendado ainda é a compra de um automóvel híbrido; uma vez que será possível economizar no combustível sem precisar ficar necessariamente dependente de energia elétrica para situações emergenciais, para viagens longas ou quando menos esperar.

Leia também: O que fazer quando a temperatura do carro superaquecer?

Comments
Loading...