Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Professor estupra aluna de 11 anos em Itacoatiara, interior do Amazonas

O professor Lucas Gato, 31 anos, foi indiciado por crime de estupro de vulnerável na última sexta-feira (16), na Delegacia Interativa de Polícia (DIP), do município de Itacoatiara, distante 167 quilômetros de Manaus.

De acordo com Paulo Barros, delegado titular, a vítima é uma estudante de apenas 11 anos de idade, que era aluna do professor no Projeto Mais Educação, da Escola Municipal Jamel Amed, em Itacoatiara.

Leia também: Vídeo que circula na internet sugere rumores de ménage entre Anitta, Neymar e Gabriel Medina

Garota de 15 anos vaza lista com 29 nomes e prints de ‘bacanas’ que fizeram ‘se..’ com ela em Manaus

Flagrante do professor com a estudante

A gestora da escola e os pais da menina foram os primeiros a descobrir o relacionamento amoroso e os encontros às escondidas em um apartamento situado no bairro das Pedreiras.

Na última quinta-feira (15), os pais da menina e a gestora, que não teve o nome divulgado, flagraram o professor acompanhado da aluna, no referido apartamento, e denunciaram o fato à Delegacia de Polícia.

Luíza Sonza já causou em vídeo polêmico ao desfilar com look ousado

 

Delegado titular da DIP de Itacoatiara Paulo Barros indiciou o professor (Foto: Divulgação)

Porém, Paulo Gato conseguiu fugir da prisão em flagrante e passou a ser procurado em todo o município por uma equipe de policiais designados pelo delegado Paulo Barros.

Na última sexta-feira, o professor se apresentou espontaneamente na delegacia.

Leia ainda: O que se sabe?: Desaparecimento de Rosângela da Silva e Alessandro Lautenschlager de Nova Mutum ganha destaque na web

Depoimento de ambas as partes

No depoimento a menina confirmou que foi seduzida pelo professor através de conversas de WhatsApp.

Além disso, a polícia também encontrou conversas íntimas e trocas de fotografias sensuais entre eles.

Ele foi interrogado e admitiu que seduziu a aluna, e que vinha mantendo relações sexuais durante os encontros no apartamento que pertence a um dos membros de sua família.

Portanto, o delegado Paulo Barros indiciou Lucas Gato por crime de estupro de vulnerável e vai encaminhar o caso à Justiça estadual com um pedido de prisão preventiva do acusado.

Fonte: Assista ao vídeo: Casal é preso na cidade de Sorriso por estuprar a filha adotiva de 14 anos

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Comentários
Loading...