Diário Prime o portal de notícias de Mato Grosso!

Pare de usar milhas e economize de verdade nas viagens

Aprenda a economizar de verdade nas viagens sem precisar usar as milhas.


Acumular milhas para viagens é uma ótima sugestão para quem gosta muito de viajar. Porém, é preciso avaliar se de fato vale a pena gastar demasiadamente, apenas para ganhar tais milhas. Nesta sexta-feira (08), o Diário Prime vem mostrar como realmente funciona o sistema de acúmulo de milhas do cartão de crédito.

cartão de crédito
cartão de crédito

Como funciona o sistema de acúmulo de milhas?

As opções de cartão de crédito com o sistema de acúmulo de milhas mais conhecidos são o cartão de crédito Santander AAdvantage Gold, cartão de crédito Santander AAdvantage Platinum e cartão de crédito Santander AAdvantage Black.

De modo geral, a cada US$ 1,00 gastos em compras, sejam elas nacionais ou internacionais, o cliente ganha 1 ou mais milhas que cobrem o pagamento de passagens aéreas. Ou seja, as milhas não cobrem os gastos da viagem, somente os da passagem de avião da companhia aérea contratada da empresa ou banco responsável pelo cartão de crédito.

Agora façamos uma comparação. Suponhamos que o preço de uma passagem aérea é de R$ 300,00 de um lugar ao outro. Se fizer a comparação do preço no sistema de milhas, o valor que fica é de 15 mil milhas. Não preciso nem ser muito bom de matemática ou formado em Ciências Contábeis para saber que o valor subirá de modo absurdo, pois o preço do dólar está por volta dos R$ 4,00. Lembando que esses valores não são exatos, apenas próximos dos valores reais.

Leia também: Cartão de crédito Black: quais as vantagens?

Esquecer as milhas e economizar melhor nas viagens

cartão de crédito
cartão de crédito

Com a pequena suposição feita acima, se o usuário de cartão de crédito quer manter suas finanças bem seguras, controladas e dentro do seu orçamento, pode-se notar que compensa muito mais pagar o valor real da passagem aérea. Mesmo que a fatura do cartão de crédito seja para pagar nos mês seguinte, não faz sentido sair fazendo contas desenfreadamente por aí, apenas para conquistar as tão desejadas milhas, até porque, no fim, elas custarão mais caro que a viagem em si.

Claro que o contexto muda quando falamos de uma pessoa que viaja muito e seu modo de curtir as viagens seja fazendo compras. Neste caso, as compras feitas para acumular milhas para pagar a passagem aérea da próxima viagem, são bem executadas desde que não tragam prejuízos, estoure o limite do cartão de crédito nem coloque as finanças de tal pessoa em risco.

CARTÃO DE CRÉDITO SANTANDER AADVANTAGE

O cartão de crédito com o sistema de acúmulo de milhas pode ser ótimo para alguns, ou muitos, que estão sempre com o pé na estrada, porém para quem quer manter suas finanças no controle e não viajam com tanta frequência, o seu uso não faz muito sentido. É importante sempre pensar qual desses dois usuários, o indivíduo é antes de decidir usar os sistema de acúmulo de milhas.

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.