Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Websérie “Magenta” ganha segunda temporada


0

O cenário das webséries publicadas na plataforma do youtube vem ganhando força nos últimos anos e conquistando espaço e público na internet. A série “Magenta”, produzida pela produtora de audiovisual independente, Linha Produções, estreou em dezembro de 2018 e com o sucesso alcançado ganhará uma segunda temporada este ano.

Magenta é uma websérie de conteúdo LGBT que passeia pelos gêneros cinematográficos, como o drama e o romance, abordando uma história que oferece ao público uma forma de identificação com as personagens.

Após seis anos de relacionamento, Nina, interpretada pela atriz Giul Abreu e a Manuela interpretada pela atriz Priscila Buiar, são surpreendidas por uma terceira pessoa em suas vidas, a personagem Raphaela, interpretada por Rebeca Figueiredo. Raphaela chega para balançar as estruturas das conexões das almas de Nina e Manu. A linha tênue entre o atual e o novo, o somar e o dividir, pode confundir o verdadeiro significado das cores habitam dentro delas.

A produtora independente já possuía a ideia de dar sequência ao projeto e, com o sucesso alcançado, esse desejo poderá ser colocado em prática. “Por falta do capital financeiro a gente não sabia se seria possível e também não saberíamos se a série teria uma boa aceitação do público. Nós sempre intitulamos que Magenta não era para todo mundo, pois era mais madura e com uma abordagem diferente de tudo que tínhamos abordado até ali. Graças a Deus o nosso público recebeu muito bem a série e pediu a continuação da trama”, explica a proprietária da Linha Produções e também diretora e roteirista da série.

A atriz e também proprietária a Linha Produções, Maria Clara Rolim, afirma que a vontade de dar continuidade aos projetos não é só com a série Magenta. “Se eu pudesse faria 10 temporadas de uma única série hahaha. Eu acho que uma história nunca acaba, os personagens podem se separar, casar, mas a vida continua né, então sempre vai ter um depois do “felizes para sempre”. E uma história, sendo bem aceita pelo público, como foi Magenta, penso que seja válida de ter continuidade”, conta.   

Para a realização da segunda temporada do projeto a produtora iniciou um financiamento coletivo com o objetivo de arrecadar recursos financeiros para a produção da nova fase da série. “É muito difícil produzir sem capital financeiro, também é de certa forma cruel não poder ser capaz de suprir as necessidades mínimas de quem trabalha com a gente, na oferta de transporte e alimentação por exemplo, eu vejo isso como uma necessidade básica, mas que implica custos altos para arcarmos sendo independentes”, pondera Maria Clara.

A proprietária Thaiane ainda afirma a importância do financiamento coletivo para a sequência do projeto. “Nós queremos continuar produzindo, mas ainda não temos um patrocinador que possa nos proporcionar melhores condições de trabalho. Com isso, mesmo sem capital financeiro nós prezamos pela qualidade do conteúdo e também pela ajuda de custo de transporte e alimentação para todos os envolvidos no projeto. E esse apoio do público/empresas foi a alternativa que encontramos para continuarmos nessa longa caminhada”, aponta Thaiane.

Maria Clara ainda completa: “Por isso a ajuda do público/empresa é essencial para que possamos existir quanto produção, para que possamos oferecer boas condições de trabalho, poder oferecer produtos com maior qualidade também, e com apoio, divulgação, poder atingir cada vez mais pessoas”. As pessoas podem apoiar a websérie pelo Catarse.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!