Mais Lidas

Todo mundo comentando

Vem conhecer a história da Tati Zaqui: Tatiane Zaqui Ferreira da Silva

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Assine nossas notificações e fique atualizado!

Sexta-feira (13), a Digital Music Brasil, novo canal no Youtube lançou vídeo em formato podcast, em que Tati Zaqui relembra momentos importantes da sua carreira na música, como o lançamento de “Parara tibum” sua capa pra Playboy e sua turnê no Japão, e problemas que teve que superar, como os assédios e seu transtorno de ansiedade. Além disso, ela conta que pretende emplacar vários sucessos em 2020 e promete voltar com força total.

Veja:Tati Zaqui cancela shows por causa do Coronavírus

View this post on Instagram

boa noite terráqueos 👽

A post shared by TATI ZAQUI 👹 (@tatizaqui) on

Começo da carreira: Tati Zaqui começou a sua carreira musical, em 2013, por causa do trabalho do MC Kauan. O seu primeiro single foi “Salve MC Kauan”, que hoje atingiu mais de 15 mil visualizações no Youtube.Desde pequena sempre ouvia das pessoas que sua voz era bonita, ela também compunha pequenos versos e já ouvia de seus familiares que ela iria ser cantora. Os seus pais sempre foram envolvidos com os meios artísticos, o seu pai tem voz de locutor e sua mãe sempre gostou de cantar e escrever músicas.

Ela ainda disse sobre a importância do conjunto para o reconhecimento do artista no mercado, como a equipe, dom e perseverança. Ao longo da sua trajetória, ela trabalhou em um escritório de contabilidade para poder custear a sua primeira produção.

Apesar de ser muito extrovertida, ela sempre teve problema com a timidez, que apareceu em decorrência dos assédios que ela sofreu na rua. “Eu tinha medo de ir na padaria, de várias coisas, porque quando eu era mais nova, teve umas perseguissões… Uma vez eu fui pra escola e um carro com vários homens bem mais velhos que eu, eu tava na quarta série, parou e ficou mexendo comigo e quando eu sai da escola eu vi o carro lá, tive que ficar na escola por muito mais tempo” lembra Tati Zaqui, e por isso ela teve dificuldade de sair na rua sozinha sem o acompanhamento de algum familiar.

Além disso, conta que sofreu muito no começo com sua ansiedade e chegou até a procurar ajuda médica para lidar com o seu problema. Para lidar com a alta frequência de shows noturnos quando a sua música “Parara tibum” estorou, ela vomitava frequentemente e se alimentava muito mal, e por isso acabou ficando muito magra. Atualmente, sua ansiedade está controlada e ela aprendeu a lidar com os problemas de forma muito melhor.

Tati Zaqui e Tati Dias posam no Instagram e fãs elogiam

View this post on Instagram

desse jeito só existe uma 😌

A post shared by TATI ZAQUI 👹 (@tatizaqui) on

O sucesso “Parara tibum” foi extremamente importante na mídia, que depois do suposto vídeo da atriz Bruna Marquezine dançando, popularizou os vídeos de mulheres dançando funk e quebrou paradigmas sociais, do ponto de vista de que antes, vídeos assim eram muito mal vistos pela sociedade. Além disso, para a cantora foi muito difícil de lidar com a retirada da música da plataforma do Youtube, quando o single ainda estava fazendo sucesso e cruzando barreiras internacionais, mas ela usou o problema de forma positiva e aproveitou para focar no processo criativo de outras músicas como “Água na Boca”.

Na mesma época, ela posou pra Playboy e foi a capa mais vendida da era digital. Ela contou que o trabalho foi muito importante pra sua autoaceitação, principalmente como cantora de funk, e para outras mulheres com o corpo parecido.

Você também pode gostar:Tati Zaqui faz vídeos polêmicos no Instagram, veja

View this post on Instagram

yo soy una diabla 🔥

A post shared by TATI ZAQUI 👹 (@tatizaqui) on

Depois vieram outros sucessos como “Rebelde e Abusada” e “Estoy Loca”, que garantiram o sucesso da cantora no exterior e proporcionou a turnê no Japão. A funkeira brincou com a possibilidade de ter sido abduzida no Japão, porque ela voltou renovada e com muita criatividade. A legião de fãs japoneses surpreendeu ao cantar junto os sucessos da cantora, como “Água na Boca”, mesmo nos diferentes locais do país.

“Surtada”, o seu último lançamento ficou no top 1 do Spotify (35 dias) e voltou com tudo no carnaval. Em 2020, é esperado o lançamento de muitas músicas: a parceria com MC Lan e Whiz Khalifa, “Compromisso com a Dança” ft. MC WM e “Fogo na Babilônia” (prévia abaixo).