Mais Lidas

Todo mundo comentando

Ludmilla comenta tombo na piscina em live; sua bissexualidade e preconceito e sobre ter filhos com Brunna

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Assine nossas notificações e fique atualizado!

Ludmilla nesta segunda-feira (4), participou do quadro “Cada um no seu banheiro” no canal da apresentadora Sabrina Sato. Por lá, elas conversaram sobre tudo um pouco, incluindo assuntos como o lendário tombo na piscina de Ludmilla, como foi contar para sua mãe sobre sua bissexualidade,  o preconceito e se ela e Brunna terão filhos.

Sobre o tombo, Ludmilla falou que sua mãe e sua esposa, Brunna Gonçalves, ficaram com pena e que cogitaram pular junto na piscina para que ela não ficasse mal por ter caído. O vídeo foi gravado dentro do banheiro de ambas, e Ludmilla revelou que passa muito tempo lá, e que suas ideias de músicas surgem quando ela está no banheiro. Ela também contou que mora com 7 pessoas em sua casa, e Sabrina disse que era quase um reality show. Após isso, Ludmilla disse que virá novidades e a japa especulou perguntando se iria ter um e ela disse que não podia contar. Ou seja, será que em breve iremos entrar na intimidade da cantora e de sua família? Ludmilla e Brunna também comentaram sobre ter um bebê e disseram que irão ter sim, mas que não no momento

Leia: Mc Mirella apaga todas suas fotos do Instagram e anuncia nova era

Veja: Luísa Sonza anuncia live show em seu Instagram

Ludmilla fala sobre ser bissexual e como foi contar para sua mãe

Sobre sua bissexualidade, Ludmilla disse que tinha receio que sua mãe descobrisse através da mídia e que isso fosse exposto antes dela se sentir à vontade para contar ao público. Ela disse que só foi revelar para sua mãe quando estava em estado de anestesia após realizar um procedimento no nariz. Mas a reação de sua mãe foi tranquila e ela disse que já desconfiava, por na infância Ludmilla gostar de brincar com coisas consideradas de menino. Ou seja, ela previu o futuro. Ludmilla também disse que sentia medo do preconceito, porque como ela mesmo disse, ela o sofre desde que nasceu, por ser negra, mulher e por ter escolhido ser funkeira. E acrescentou dizendo que muitos famosos ao relevar-se  acabavam sendo prejudicados. Mas com ela e Brunna foi o contrário, e que foi muito legal isso.

Confira: TikTok: as 5 cantoras brasileiras mais seguidas; confira