Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

A que não podia amar: Segredo de Bruno é revelado e choca a todos


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

Atenção: Siga o Diário Prime no Google News e assine nosso Canal no You Tube!

Um triste desfecho aguarda por Miguel nesta reta final de A que não podia amar. Nos próximos capítulos da novela mexicana do SBT, o irmão de Ana Paula será baleado pelo advogado Bruno. Então ele morrerá nos braços da sua amada Daniela. A princípio, Cínthia encomendara a morte do rapaz para se vingar da sua inimiga Ana Paula. Pois, o advogado Bruno aceita arrumando Torto para assassinar Miguel. O “Torto” está a ponto de matar Miguel, mas antes diz que Bruno pagou a ele muito mais do que seu protetor, conta que foi Rosaura quem pediu a Bruno que mandasse agredir Gustavo para que sua irmã se casasse com Rogério e depois Bruno ficaria com ela e com a herança do fazendeiro.

A que não podia amar: Miguel pede explicação para Rosaura

Assim que descobre que o sobrinho foi posto em liberdade, Rosaura vai correndo abraçá-lo, mas Miguel a recebe com quatro pedras na mão. “Não me toque! Eu culpando Rogério Monteiro quando a única responsável do que aconteceu comigo e com minha irmã foi você!”, acusa o rapaz. Em seguida, ele revela ter descoberto que a tia se aliou a Bruno para planejar o atentado contra o engenheiro Gustavo e forçar Ana Paula a se casar com Rogério. “Como você pôde, tia? Minha mãe nos deixou sob seus cuidados, e tudo o que você com a sua ambição foi destruir a mim e à minha irmã! Mas agora mesmo vou à polícia denunciar tudo!”, avisa.

Bruno mata Miguel; confira

A que não podia amar: “Você não vai a lugar nenhum!”, ameaça Bruno, surgindo de repente e apontando um revólver para o marido de Daniela. Miguel o enfrenta e o empurra, mas o ex-amante de Vanessa não dá trégua e atira no abdômen do marceneiro, que cai ensanguentado no chão, para desespero de Rosaura.

Leia também: A que não podia amar: Vanessa descobre que foi Traída por Bruno; confira o resumo

A que não podia amar: Rosaura revela o verdadeiro assassino de Miguel
Miguel (Osvaldo Benavides) é assassinado diante de Rosaura (Ana Bertha Espín) em A Que Não Podia Amar (Reprodução / YouTube)

A que não podia amar: “Você está louco?! Por que fez isso, por quê?! Maldito assassino!”, berra Rosaura, descontrolada, partindo para cima de Bruno. “Cala a boca! E é melhor não dizer nada, ou a próxima a morrer é você! O que você deve dizer agora é que quem atirou nele foi a Cíntia, entendeu?”, ameaça o vilão. A princípio, Rosaura tem pesadelo com o sobrinho aonde ele a culpa de tudo que aconteceu, com a consciência pesada Rosaura decide contar a verdade para Ana Paula. Após Maria ver Rosaura deprimida pergunta se está com a consciência pesada e a aconselha a desabafar com Dany.

Rosaura revela a verdade sobre Bruno

A que não podia amar: Rosaura confessa a Ana Paula que ela e Bruno sempre foram cúmplices, que ela pediu a Bruno que agredisse Gustavo e que foi Bruno e não Cínthia quem matou Miguel e que ele fez isso por que seu irmão ia denunciá-los. Ela confessa também que foi Bruno quem colocou os pertences de Gustavo na gaveta do escritório de Rogério para incriminá-lo. Chocada com tudo que acaba de ouvir, Ana Paula culpa a tia de ter destruído a sua vida. Rosaura diz a Bruno que contou toda a verdade para Ana Paula. A polícia chega para prender Bruno mas ele consegue fugir e leva Cinthia com ele. A que não podia amar a novela vai ao ar de segunda a sexta-feira nos fins de tarde do SBT.

Deixe seu comentário: A que não podia amar: Segredo de Bruno é revelado e choca a todos.

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!