O que fazer quando o cão está com a barriga inchada? Saiba agir com segurança

A barriga inchada pode ser desde uma verminose a algo mais sério. Entenda mais

O que fazer quando o cão está com a barriga inchada? Saiba agir com segurança - créditos da imagem: Pexels
0

- Advertisement -

O cachorro com barriga inchada não é uma coisa boa, pois pode indicar uma série de patologias ou doenças. Esse é um sintoma que pode indicar um quadro mais simples como uma verminose ou algo mais sério. Por isso é necessário ligar o alerta. Veja mais nesse sábado, 04 de dezembro.

Nós da coluna Pet Shop News fizemos uma pesquisa e trouxemos mais informações. Assim podemos ajudar quem está passando por essa situação. Boa leitura!

Leia também: O Que Fazer Pro Cachorro Não Sentir Calor? De Petiscos À Brincadeiras – Vale Tudo

Barriga inchada: o que pode ser?

O aumento na região abdominal, a barriga inchada, é só uma manifestação clínica de alguma doença, infestação ou patologia. As mais comuns são:

  • Verminoses; 
  • Tumor benigno ou maligno;
  • Algo que ele comeu e está obstruindo o sistema digestivo;
  • Problemas hepáticos;
  • Infecção no intestino;
  • Torção gástrica; 
  • Cardiopatias, 
  • Erliquiose (infecção que causa a inflamação dos vasos sanguíneos e o acúmulo de líquidos na barriga. 
Ademais, saiba os sintomas de cachorro com barriga inchada – créditos da imagem: Pexels

Sinais clínicos da barriga inchada

Essas doenças geralmente estão acompanhadas de outros sinais clínicos. Entre os mais frequentes estão:

  • Diarreia;
  • Perda do apetite;
  • Vômito;
  • Cansaço excessivo,
  • Mucosas (gengivas) de coloração clara ou azulada. 

Como diagnosticar 

Somente o veterinário é capaz de diagnosticar a causa do inchaço, assim é necessário buscar ajuda o quanto antes. Para o diagnóstico preciso, ele vai utilizar uma série de recursos. Entre eles  a análise clínica, hemograma, ecocardiograma, ultrassom, leucograma, bem como o exame de urina, entre outros. 

- Advertisement -

O veterinário pode solicitar nenhum, um ou todos os procedimentos descritos, de acordo com sua suspeita. Uma conversa com o tutor também pode ajudar a esclarecer o que pode ter causado a barriga inchada. 

Leve ao veterinário com urgência

Como o quadro é comum para diferentes patologias, a melhor forma é não arriscar, pois nunca se sabe o que pode ser. 

A barriga inchada pode ser um sintoma de algo grave, dessa forma é necessário tratar como um problema de que exige atenção.

Nesse caso, é importante evitar qualquer tipo de receita caseira, pois assim não se agrava o quadro. Além disso, qualquer tratamento deve ser conduzido apenas com recomendação do profissional. 

Como evitar a barriga inchada?

Prevenir ainda é melhor que remediar, assim como muitas doenças que acometem os pets. É importante cuidar do trato digestivo do animal, portanto, siga essas recomendações:

  • Mantenha as vacinas e vermifugação em dia;
  • Ofereça sempre água fresca e abundante, pois seu bichinho não pode ficar com sede;
  • Se o cão costuma comer rápido de mais, tente usar um comedouro especial. Isso vai tornar a alimentação mais demorada;
  • Evite levá-lo para passear ou fazer exercícios após comer, assim evita-se a torção gástrica;
  • Ofereça apenas ração, principalmente se já tiver apresentado problemas gástricos;
  • Faça Check Ups com exames anuais.

Enfim, após saber mais sobre a barriga inchada do pet e suas implicações, ficar de olho é sempre uma boa opção.

Confira mais: Cachorros de pastoreio: conheça 3 raças e qual a importância dos cães…

Vídeo: curta e se inscreva no canal!

Comments
Loading...