Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

O que acontece quando são realizados procedimentos estéticos mas o indivíduo não cuida da alimentação?

Entenda a correlação dos procedimentos estéticos e alimentação balanceada, e quais os efeitos quando não regulado.


0

Não é novidade que uma boa alimentação é sempre bem vinda em nossas vidas. Mas qual a importância para os procedimentos estéticos de uma boa alimentação? O quanto uma alimentação inadequada afeta os seus resultados?

Procedimentos estéticos e alimentação
Procedimentos estéticos e uma alimentação desbalanceada, podem acarretar problemas sérios. Diário Prime

Fez procedimentos estéticos mas não cuidou da alimentação? Cuidado!

Quando falamos de procedimentos estéticos vinculados à alimentação, é necessário que esta seja boa para a manutenção do que foi conquistado, ou até mesmo para potencializar os efeitos da intervenção. Caso uma boa alimentação não seja seguida, é muito provável que os quilos indesejados e outros problemas voltem a afetar o paciente. A má nutrição associada a tratamentos estéticos reflete até mesmo de outras formas, como com a queda capilar e problemas cutâneos. A relação entre nutrição e estética aqui fica bem clara.

No caso da pele, por exemplo, temos alguns alimentos funcionais que atuam na parte estética, como aqueles ricos em vitamina C. Eles ajudam a manter o efeito de procedimentos cutâneos estéticos com a alimentação, além de prevenir da necessidade de futuras intervenções por má conduta alimentar.

Não é exagero dizer que todos os procedimentos estéticos dependem de uma boa alimentação. Pense em alguns dos mais populares: tratamentos para celulite, flacidez, gordura localizada. Muito provavelmente, o tratamento dessas questões será associado ao consumo de colágeno ou menos carboidratos e açúcares, por exemplo.

Preciso ter uma alimentação totalmente restritiva?

Muitas pessoas acreditam que, para se ter uma alimentação equilibrada, é preciso abrir mão de tudo o que gostamos e viver de restrições. Nada mais longe da verdade! É possível sim ter uma boa alimentação e, ainda assim, abrir exceções para os nossos gostos. Só não vale fazer o que é exceção virar regra. E para começar a reequilibrar sua alimentação, também não é nada de outro mundo, não é necessário ingredientes mirabolantes. Basta, por exemplo, adicionar frutas à alimentação.

A boa alimentação deve ser praticada no pré-procedimento, além de ser colocada em prática posteriormente. O nutricionista, a biomédica ou a esteticista responsável pelo procedimento irá auxiliar na reeducação alimentar, caso necessário. Os médicos orientam a paciente porque, estando bem nutrida, a cicatrização é melhor, a recuperação é mais rápida e as chances de complicações diminuem muito. Graças aos avanços da medicina, é possível tratar as consequências em nossos corpos de uma má alimentação, de uma gravidez e etc. Porém, de nada adianta tratar as consequências e não cuidar da causa.

Utilize a alimentação a favor da estética do seu corpo. Sempre lembrando que, além de uma alimentação de qualidade, é essencial praticar exercício físico, cortar hábitos danosos, como o cigarro e o álcool, e se hidratar bastante! Gostou das nossas dicas e pretende continuar entendendo como você pode ajudar seu corpo? Leia nosso artigo sobre os benefícios da água, da pele aos órgãos.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!